NOME NOME NOME NOME NOME

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Ator da Globo é detido no Rock In Rio portando drogas


Ator João Côrtes é detido no Rock In Rio portando drogas para uso pessoal Foto: Reprodução Instagram
João Côrtes, famoso por estrelar comerciais de uma operadora de celular ao lado da atriz Grazi Massafera, foi encaminhado para o Jecrim após ser pego com haxixe e MDMA, ou apenas MD, na noite de sábado no Rock in Rio. Liberado, o ator ainda conseguiu assistir ao histórico show da banda The Who e do Guns N' Roses. Procurada, a assessoria do ator não foi encontrada.
O ator já voltou ao visual antigo após tingir de louro a cabeça e de preto a barba para o filme “O segredo de Davi”, com direção de Diego Freitas. Na trama, ele será um traficante de drogas sintéticas. João também gravou a quarta temporada de "O negócio", da HBO.

MDMA 
Alegria, bem estar, disposição e empatia são algumas das sensações que usuários de MDMA - ou apenas MD - relatam sentir ao utilizarem a droga. Conhecida também como Michael Douglas, a substância vem se popularizando no Brasil, nos últimos anos, principalmente em meio às classes mais altas do país.

Com informações do Extra


Morre criança de 8 anos vítima de bala perdida na Zona Oeste de Natal


Pedro Darlan foi atingido no rosto durante atentado ocorrido neste domingo (24) no bairro Bom Pastor. Perseguidos, uma mulher morreu e um homem foi baleado.
Pedro Darlan tinha 8 anos (Foto: Arquivo da família)
Morreu na madrugada desta segunda-feira (24) a criança de 8 anos que foi vítima de uma bala perdida durante um atentado ocorrido no domingo (23) no bairro Bom Pastor, Zona Oeste de Natal.
Pedro Darlan brincava na Rua da Paz quando um carro passou perseguindo uma motocicleta. Um casal que estava na moto era o alvo dos criminosos. Atingida, a mulher morreu na hora. Ela foi identificada como Jucilene Clemece de Souza Cunha, de 27 anos. Também baleado, o homem foi socorrido para o hospital.
Já a criança, acabou atingida no rosto por um dos tiros e também foi socorrida. Pedro Darlan estava internado no Pronto-Socorro Clóvis Sarinho. O falecimento foi confirmado pela avó.
A perseguição
De acordo com a Polícia Militar, a mulher seguia na garupa da moto na Rua da Paz, enquanto era perseguida pelos criminosos, que estavam em um carro. Eles atiraram contra ela e o homem que guiava a motocicleta. Os tiros acertaram a passageira e ela morreu no local. O condutor da motocicleta também foi atingido.
A polícia ainda não tem a identificação das vítimas, bem como informações sobre o estado de saúde do homem que sobreviveu ao atentado.
Os policiais realizaram buscas na região, mas ninguém foi preso.
Criança morre após se atingida por bala perdida em uma perseguição na Zona Oeste de Natal. (Foto: Kleber Teixeira / Inter TV Cabugi)

G1-RN

Suspeito de comandar facção na Favela do Japão, em Natal, é morto em confronto com a PM


Segundo comandante do BPChoque, Rafael da Silva Moreira, o ‘Careca’, atirou contra policiais que faziam patrulhamento de rotina. Arma e munições foram apreendidas.
Rafael da Silva Morereira, mais conhecido como 'Careca' (Foto: Divulgação/PM)
Policiais militares do Batalhão de Choque trocaram tiros com um criminoso na madrugada desta segunda-feira (25) durante um patrulhamento de rotina no bairro das Quintas, na Zona Oeste de Natal. Rafael da Silva Morereira, mais conhecido como 'Careca', ainda foi socorrido ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, mas não resistiu aos ferimentos.
Segundo o comandante do BPChoque, o morto fazia parte de uma facção criminosa que comanda o tráfico de drogas na região, além de ser o 'armeiro' do grupo. "Ele era o responsável por distribuir armas para o PCC na favela", afirmou o tenente coronel Rodrigo Trigueiro.
Um revólver calibre 38 e seis munições deflagradas foram apreendidos.
O confronto
Ainda de acordo com o tenente coronel Trigueiro, a troca de tiros aconteceu por volta das 4h30 na comunidade Novo Horizonte, mais conhecida como Favela do Japão, no bairro das Quintas. Foi quando uma das guarnições do BPChoque se deparou com o criminoso. "A viatura fazia um patrulhamento de rotina dentro da operação Madrugada Segura. O 'Careca' estava no meio da rua, armado. Quando os policiais se aproximaram, ele começou a atirar. O revide foi inevitável. Ainda o socorremos para o hospital, mas morreu ao dar entrada no pronto-socorro", acrescentou.
Revólver calibre 38 foi apreendido (Foto: Divulgação/PM)
G1-RN

Menor de 15 anos é detido suspeito de estuprar, esfaquear e ameaçar mulher na Paraíba


Um adolescente de 15 anos foi detido, nesse domingo (24), suspeito de estuprar, esfaquear e ameaçar uma mulher de morte em Cacimba de Dentro, Agreste paraibano, a 170 km de João Pessoa. Segundo a Polícia Militar, a ocorrência foi registrada por volta de meio-dia, em ligação feita pelo hospital municipal da cidade. A vítima apresentava um corte na cabeça e escoriações pelo corUma equipe foi enviada ao local para ouvir o relato da mulher. Ela contou que foi abordada por um adolescente durante a madrugada, quando estava a caminho de sua casa.
O suspeito estava encapuzado e a obrigou a ir para um local mais escuro. Lá, ele abusou sexualmente da vítima e ainda fez um corte em sua cabeça usando uma faca peixeira. A vítima informou que o suspeito ameaçou matá-la caso ela denunciasse a violência à polícia.
A Polícia Militar fez rondas na cidade e localizou o suspeito. Ele foi conduzido, junto com sua mãe, à delegacia de Solânea.
Já a vítima, após ser atendida no hospital municipal de Cacimba de Dentro, foi transferida para o Isea, em Campina Grande, onde deve passar por avaliações psicológicas, laboratoriais e de infecção por DSTs.

Correio


Vídeo: PRF apreende R$ 700 mil em dinheiro com passageiro de ônibus em Vitória da Conquista/BA


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na tarde deste domingo (24) R$ 700 mil reais em dinheiro que estavam em posse de um passageiro de um ônibus que seguia de São Paulo/SP com destino Natal/RN. O flagrante ocorreu por volta das 14h quando os policiais abordaram o veículo no KM 830 da BR 116 em Vitória da Conquista/BA.
Durante a fiscalização no compartimento de bagagens, os PRFs encontraram no interior de uma mala grande quantidade de dinheiro. O dono da mala foi identificado e, ao ser questionado, informou que o dinheiro somava, ao todo, R$ 350 mil e era proveniente da venda de ponto de táxi de sua propriedade. No entanto, ao conferir o numerário, os policiais verificaram que na verdade a quantia somava R$ 700 mil. Questionado novamente, o homem não mencionou sobre a quantia encontrada.
Ele foi levado com o dinheiro para a delegacia de polícia judiciária local.



Léo Santos


domingo, 24 de setembro de 2017

Segurança é morto após reagir a assalto nas Quintas em Natal


Vítima estava em uma lanchonete quando dupla armada chegou anunciando o roubo.
Um segurança de 26 anos identificado como Caio César da Rocha foi morto a tiros durante um assalto na noite desta sexta-feira (22), na rua dos Pêgas, no bairro das Quintas, zona Oeste de Natal. De acordo com a polícia a vítima reagiu a ação dos criminosos e por esse motivo acabou baleado três vezes.
Segundo testemunhas Caio estava no estabelecimento com um grupo de outros clientes quando dois homens chegaram em um veículo tipo Ethios acompanhados de uma mulher, a suspeita permaneceu no carro enquanto a dupla deu início a um arrastão. O segurança reagiu agarrando um dos bandidos, mas o criminoso conseguiu sacar uma arma e atirar em Caio três vezes, atingindo o ombro, a boca e o peito.
A vítima morreu antes da chegada do socorro. O trio fugiu no mesmo carro que chegou de posse de alguns pertences das vítimas do roubo. A polícia pretende recolher imagens de comércios do local para identificar os assaltantes e prendê-los. Quem tiver informações sobre os envolvidos no roubo pode denunciá-los através do disque denúncia pelo número 181.


Sergio Costa

'Minha vida parou', diz mãe de jovem morto em chacina no RN


Crime aconteceu na sexta (22), cidade de Extremoz, Grande Natal. Corpos das vítimas foram velados juntos neste domingo (24).
Velório das vítimas da chacina de Extremoz, no RN, reuniu muitas pessoas da comunidade (Foto: Heloísa Guimarães/Inter TV Cabugi)
Minha vida parou”, resumiu Nilma Cardoso sobre o assassinato do filho. Ela é mãe de Danielson Cardoso de Aquino, de 20 anos, executado a tiros na noite da sexta-feira (22) junto com outros cinco jovens, em Extremoz, Grande Natal. Os corpos dos seis foram velados juntos na manhã deste domingo (24), na sala de aula de uma escola municipal em que o mais novo estudava e os demais eram ex-alunos. Muitas pessoas da comunidade se reuniram para prestar solidariedade às famílias.
Dona Nilma diz que não consegue lidar com a dor do assassinato de Danielson. Segundo ela, o rapaz trabalhava como motorista de feira, três vezes na semana. “Acordava às 3h da manhã para trabalhar”, conta.
Danielson de Aquino foi morto a tiros junto com Eribelton Avelino da Silva, de 23 anos, Geovane da Silva, de 20 anos, Fernando Gomes Teixeira, de 20 anos, Artur Antônio Alves do Nascimento, também de 20 anos, e Vinícius Manuel Câmara Tomás, de 16 anos de idade.
Os seis foram executados na frente de uma casa na comunidade de Santa Maria, em Extremoz. Eles faziam uma pequena confraternização e bebiam quando foram rendidos pelos assassinos. Um deles ainda foi socorrido, mas chegou morto ao hospital. Ninguém foi preso.
Segundo o delegado Luciano Chaves, que coordena uma das equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a chacina aconteceu por volta das 21h.Ele contou que pelo menos 10 homens com armas de grosso calibre participaram da matança. No local, também foram encontradas capsulas de pistola.


G1-RN

Encontro entre quatro 'amigos' em motel termina com baleado na cabeça no RJ


Segundo a polícia, disparo acidental foi provocado por uma das mulheres, depois que eles resolveram esticar uma festa neste sábado (23).
Amigos foram para motel de Nova Friburgo para dar uma esticada na noite (Foto: Alex Almeida | Inter TV)
Um encontro de quatro 'amigos' em um motel terminou com um jovem de 22 anos baleado na cabeça na madrugada deste sábado (23), em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio. De acordo com a Polícia Civil, o disparo acidental foi provocado por uma das mulheres depois que os quatro resolveram esticar uma festa em um motel, na RJ-130, no bairro Córrego Dantas.
O acidente ocorreu por volta das 5h. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros em estado grave e levada para o Hospital Municipal Raul Sertã. Segundo a polícia, ele foi transferido ainda na manhã deste sábado para o Hospital da Unimed.
De acordo com os policiais, a vítima foi para o motel com duas amigas, de 22 e 29 anos. Segundo elas, o jovem também chamou um amigo policial militar para o encontro. Ao chegar, o PM deixou a arma particular em cima de um móvel, mas uma das mulheres pegou o revólver e disparou acidentalmente. A informação foi confirmada para a Inter TV.
"Foi um acidente. Peguei a arma de curiosidade", disse a amiga, de 22 anos, afirmando que era muito amiga da vítima e que não faria isso propositalmente.
Após ouvir as testemunhas, o delegado Robson Pizzo, reafirmou que foi um "disparo acidental pelo uso indevido da arma de fogo".
A jovem vai responder, segundo o delegado, em liberdade, pelo crime de Lesão Corporal Culposa, quando não há intenção de matar. Ainda de acordo com Robson, a arma calibre 380 mm foi apreendida.
Jovem de 22 anos foi atingido na cabeça por disparo de arma (Foto: Alex Almeida | Inter TV)



G1-RJ

Adriano Imperador desabafa após foto com traficante vazar nas redes


Parado há mais de um ano, jogador foi flagrado com Rogério 157.
Rogério 157 e Adriano Imperador estamparam capa de jornal e causaram ira (Foto: Reprodução/Jornal Meia Hora)
"Tiro foto com quem quiser". Desta forma, curto e grosso, Adriano Imperador justificou a capa do jornal Meia Hora, na qual aparece abraçado a Rogério 157, chefe do tráfico da Favela da Rocinha, no Rio de Janeiro.
O Imperador, que não joga futebol profissionalmente há mais de um ano, divulgou um vídeo em seu Instagram detonando as críticas recebidas e prometendo acionar judicialmente o jornal.
Confira abaixo o desabafo de Adriano após mais uma confusão tomar conta das redes sociais.

 "Meu Deus do céu... Como é impressionante como vocês tentam me derrubar. Impressionante. Estou aqui dentro da minha casa, há um tempão não saio de casa. Não estou fazendo nada. É impressionante como vocês gostam de falar de mim, é impressionante. Vocês não me deixam em paz. Mas Deus está vendo. Eu sou uma pessoa pública. Tiro foto com quem eu quiser. A vida da pessoa é uma, a minha é outra. Pelo amor de Deus. Impressionante o grau de maldade que vocês têm. Mas isso não vai ficar assim não, chega, já estou cansado. Vou processar todos vocês, podem ter certeza disso, tá bom? Isso pra mim já deu um basta, só isso, mais nada. Mesmo assim eu perdoo vocês, mas dessa vez não vai passar impune não."

sábado, 23 de setembro de 2017

Polícia prende quadrilha suspeita de matar políticos na Bahia e Sergipe


Grupo estava com fuzil AR15 e outras armas.
Adagilson Nunes de Jesus, Adomarcos Silva Souza e Cleciano Vieira Santos foram presos em flagrante (Foto: Divulgação/SSP)
A polícia matou um suspeito e prendeu outros três integrantes de uma quadrilha responsável pela morte de um ex-prefeito baiano durante uma operação nesta sexta-feira (22) em Pedro Alexandre, no interior do Estado. O grupo também é apontado por homicídios em Sergipe e Pernambuco.
A operação para desarticular o bando contou com policiais civis do Departamento de Polícia do Interior (Depin) e militares da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Nordeste que também apreenderam um fuzil AR15, uma espingarda calibre 12 e duas pistolas.
Cleciano Vieira Santos, conhecido como Gordo, 34 anos, Adomarcos Silva Souza, o Donga, 37, e Adagilson Nunes de Jesus, 48, estavam escondidos no interior e foram presos em flagrante. Úilson Gonçalves de Souza, suspeito por homicídio, reagiu à abordagem, foi baleado e não resistiu aos ferimentos.
Foto: Divulgação/SSP
Na Bahia o grupo é investigado pela morte do ex-prefeito do município de Pedro Alexandre, Petrônio Pereira Gomes, e da tentativa de homicídio contra o vice-prefeito Tonho de Zezinho, que teve o carro alvejado por mais de 60 tiros. Ele reconheceu os autores.
Já em Sergipe eles são suspeitos da morte do presidente da câmara do município de Carira, Jailton Martins de Carvalho, conhecido como Jailton do Preá e do assassinato do ex-vereador Claudeir dos Santos, conhecido como Pinho de Santa Rosa, morto em março deste ano, na cidade de Poço Redondo. Em Pernambuco eles são suspeitos de praticarem homicídios e tentativas também contra políticos.


Correio

Carro arrebenta com poste e cai em lagoa de extração de sal em Macau, RN


Acidente aconteceu na madrugada deste sábado (23). Duas mulheres estavam no veículo, e não sofreram ferimentos graves.
Um Onix bateu em um poste e caiu dentro de uma lagoa de extração de sal na madrugada deste sábado (23) na entrada da cidade de Macau, na região da Costa Branca potiguar. As duas mulheres que estavam no veículo não sofreram ferimentos graves.
Segundo a Polícia Militar, o acidente aconteceu por volta das 3h40. O carro ficou bastante amassado e o poste, arrebentado, só não tombou porque a fiação o sustentou.
Socorridas ao hospital da cidade, as duas mulheres passam bem.

G1-RN

Ex-miss é suspeita de sequestro de empresário curitibano junto com policial


Segundo investigações, a ex-miss Pinhais, Karina Reis, 25, não só teria convencido o namorado – o soldado da Polícia Militar, Janerson Gregório da Silva- a participar do crime, como também teria trabalhado para a vítima como modelo.

A mente criminosa por trás do sequestro de um empresário curitibano no fim de agosto foi revelada. Segundo investigações, a ex miss Pinhais, Karina Reis, 25, não só teria convencido o namorado – o soldado da Polícia Militar, Janerson Gregório da Silva- a participar do crime, como também teria trabalhado para a vítima.
De acordo com a Polícia, Karina teria planejado o sequestro com base nas informações privilegiadas que coletou enquanto trabalhava como secretária da vítima, e também com dados da vida privada do empresário, divulgados por meio das redes sociais. Presa desde a manhã do dia 30 de agosto, Karina está detida no Complexo Penitenciário de Piraquara, assim como o namorado e a mãe dele – também suspeita de participar do crime.
De acordo com o delegado Cristiano Augusto Quintas dos Santos, do Grupo Integrado de Grupos de Repressões Especiais (Tigre), até então, a ex miss era tida como mera coadjuvante na ação. “Agora que a responsabilidade dela foi comprovada, no sentido de arquitetar o sequestro, certamente haverá repercussão sobre a punição a ser aplicada neste caso”, afirma.
Karina foi autuada por extorsão mediante sequestro e roubo. Ainda de acordo com o delegado, ela não teve participação ativa no arrebatamento da vítima, mas acompanhou a ação desde o início. Ela permanece presa preventivamente.
De acordo com a Polícia, Karina teria planejado o sequestro com base em informações que o empresário e ex-patrão divulgava nas redes sociais. A jovem está presa desde o dia 30 de agosto no Complexo Penitenciário de Piraquara, assim como o namorado e a mãe dele – também suspeita de participar do crime.

Relembre o caso
Procurado pelos criminosos para uma suposta reunião de trabalho, o empresário do ramo de publicidade e comunicação teria sido rendido ainda dentro do seu carro, em um suposto assalto, no fim do mês de agosto. Armados, os bandidos o ameaçaram e o conduziram à residência de um dos sequestradores, onde foi amarrado e amordaçado. Em seguida, ele foi colocado no porta-malas de um veículo, e finalmente conduzido ao local escolhido como cativeiro – a residência da mãe do soldado Janerson Gregório da Silva, da PM.
A família da vítima acionou a Polícia após o recebimento de uma mensagem solicitando o resgate de R$200 mil. Os policiais do Grupo Tigre então, passaram a monitorar toda a movimentação e comunicação da família, e na busca pelo veículo da vítima, acabaram prendendo em flagarante um dos sequestradores, no momento em que ele pegava o carro da vítima, estacionado no bairro Jardim Botânico, próximo ao Hospital da PM.
A partir da investigação, os policiais do Tigre chegaram até os sequestradores. Eles foram presos em flagrante na residência da mãe de Janerson, localizada também no Jardim Botâncio. Além do soldado e da modelo, os policiais também prenderam a mãe dele – por conivência com o crime. Um dos integrantes do grupo ainda está foragido.
O empresário foi libertado sem ferimentos.

Com informações da Tribuna PR

Médicos dão o diagnóstico errado e bebê tem bexigada retirada por engano em hospital do DF


Arquivo pessoal
Com apenas quatro dias de vida, um bebê de cinco meses teve a bexiga retirada por engano em um hospital na Asa Norte. A recém-nascida tinha um cisto no ovário, que foi descoberto quando a mãe, Nathália Evelyn, de 21 anos, ainda estava grávida. Por conta do erro, Ana Lípia terá que usar uma sonda para o resto da vida.
No dia que sua bolsa estourou, Nathália levou ao hospital todos os exames que comprovavam o cisto no ovário da bebê. Mas, após o nascimento, os médicos realizaram novos exames e informaram que se tratava de um cisto abdominal. “Eu levei os exames e falei que era cisto ovariano. Eles fizeram exame com contraste e, mesmo assim, deram o diagnóstico errado. Como, na minha barriga, conseguiram identificar o cisto no ovário, e com ela fora da barriga erraram o diagnóstico?”, questiona.
Segundo o Jornal de Brasília os médicos só descobriram o erro dois dias após a cirurgia, pois a garotinha estava retendo líquido e não conseguia urinar. “Após a primeira cirurgia, o médico acreditava que tinha retirado o cisto. Mas, eu senti algo diferente, coisa de mãe, que me falava algo tinha dado errado. Aí, no terceiro dia, descobriram que ela não estava urinando. Ela estava inchada, em tempo do rim parar. Eles fizeram novas ecografias e perceberam que tinham tirado a bexiga e que o cisto ainda estava lá”, detalha Nathália. O cisto foi retirado somente numa segunda cirurgia.
Cirurgias
Em um período de 18 dias, a pequena passou por quatro procedimentos cirúrgicos, sendo que três foram em consequência do erro do médico. Além da invasão, Ana Lípia precisou fazer transfusão de sangue em decorrência de uma anemia e teve outros sintomas físicos: febre, taquicardia, vômitos e ainda apresentou pedra na vesícula, por conta da quantidade de antibióticos que tomou.
“Foi uma série de erros. Três médicos deram o diagnóstico errado. O médico que operou foi um quarto profissional. Ele assumiu o erro, e eu tenho testemunhas disso. Me pediu desculpa e disse que não foi por querer. Ele é experiente, tem 28 anos de profissão. O problema foi a autoconfiança e a vontade de fazer a cirurgia logo para lucrar com o plano de saúde”, critica Nathália.
Agora, Ana Lípia está com uma sonda para que a urina possa sair. E os gastos com a pequena são altos: podem chegar a até R$ 2,5 mil por mês. “Tem o acompanhamento médico, exames de rotina, ecografia, consultas. Ela usa fraldas mais que um bebê normal”, conta a mãe. Aos cinco anos, a criança passará por um novo procedimento: vão pegar uma parte do intestino grosso e vão reconstituir a bexiga para o armazenamento da urina.
Nathália alega ainda que o hospital não prestou o apoio necessário. “Ninguém fez nada por conta própria. Na UTI, me revoltei para que tivesse bons médicos atendendo minha filha. Depois que saímos do hospital, eles não me ligaram para saber como estava minha filha. Só me procuraram agora, depois que coloquei tudo no Facebook”.
Diante de tantas dificuldades, Nathália conta que a fé foi quem a fez seguir em frente. “Coloquei todas as minhas forças em Deus. Comecei a pedir as coisas e estipular datas para que ela melhorasse e tudo foi acontecendo”, relata.

VERSÃO OFICIAL
Em nota, o Hospital Santa Helena informou que sempre esteve em contato com a família de Ana Lípia e que prestou todo o atendimento necessário à paciente. “Após a análise interna, a Diretoria encaminhou o caso para avaliação nas instâncias competentes, conforme a legislação vigente”, afirma a unidade de saúde.
“Desde a alta da paciente, o Santa Helena acompanha o caso por meio do médico assistente e permaneceu à disposição de todos para qualquer necessidade. Recentemente, o Hospital manteve contato com a família para prestar eventual assistência necessária”.

Raphaella Sconetto/Jornal de Brasilia

Milionária desaparecida é encontrada vivendo como sem-teto em Milão


Em março de 2016, o paradeiro de Ariane Lak se tornou desconhecido após ela decidir passar uma temporada em Milão, na Itália.
Uma ex-socialite britânica foi encontrada após um ano e meio desaparecida. Ariane Lak, de 50 anos, apareceu no último final de semana em Milão, na Itália, dormindo em cima de uma grade de ventilação, sem cobertor ou roupas de frio. “Eu escolhi viver nas ruas”, gritou ela quando o socorro a localizou.
O caso, revelado nesta quarta-feira (20/9) pelo jornal local da cidade, o “Corriere Della Sera”, apresenta uma realidade totalmente diferente da que Ariane, que é milionária, conhecia. De acordo com o diário, no início de 2016 ela decidiu passar uma temporada em Milão, pois este é um dos destinos favoritos dela.
Contudo, em março do mesmo ano, finalizou sua estadia em um hotel e o paradeiro dela tornou-se desconhecido. Ariane deixou a maioria dos pertences no quarto e, sem avisar ninguém, desapareceu.
A Scotland Yard, quartel general da Polícia Metropolitana de Londres, foi acionada pela irmã da milionária quando ela sumiu. Sem sucesso nas buscas, Laila buscou ajuda na Sociedade de Investigação do Grupo Skp, formada por italianos. O grupo, com apenas uma foto de Ariane em mãos, passou seis meses à procura da mulher, até que enfim o trabalho foi concluído na madrugada de domingo (17).
Além do lugar onde foi encontrada, a britânica estava cercada por lixo. Assustou-se ao ser acordada, visivelmente imaginando se tratar de um assalto. Alegou que não tinha dinheiro ou documentos. A notícia sobre a localização de Ariane chegou a Laila, que voou da Inglaterra para a Itália rapidamente.
Em entrevista ao jornal inglês “The Times”, Laila disse que a irmã recusava alimentos oferecidos pela Cruz Vermelha após seu resgate, mas corria atrás da comida quando a jogavam no lixo. “A situação foi trágica”, afirmou Laila.
De acordo com o “Yahoo Itália”, Ariane não explicou como foi parar na rua. Ela apenas contou que provavelmente foi assaltada, acrescentando: “Depois eu não tinha dinheiro, bagagem, celular, documentos. Estou apaixonada por Milão”.
Laila revelou que a ex-socialite foi diagnosticada, por volta dos 20 anos, com transtorno esquizoafetivo. Isso significa que a britânica sofria com bipolaridade e depressão. Ela recebia os cuidados dos pais, que morreram em 2012. Ainda de acordo com Laila, a irmã não tomava remédios, pois achava que estava sendo envenenada.
Após o resgate, a milionária foi levada para o hospital. Lá, segundo o “Corriere Della Sera”, ela tornou a dizer que vivia nas ruas por vontade própria. Ariane foi entregue à irmã pelas autoridades no último domingo. A família quer deixá-la longe do assédio midiático.


Metropolis