Google Analytics Alternative
NOME NOME NOME NOME

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Pai usava filmes pornográficos para estuprar filha de dez anos de idade no PI



Um pai biológico foi preso suspeito de abusar sexualmente a própria filha de dez anos de idade. As informações foram repassadas pelo Relações Públicas da Polícia Militar do Piauí, coronel John Feitosa, que ressalta que o flagrante foi realizado na noite de ontem (15), no bairro Cohab, município de Castelo do Piauí, situado a 190 km de Teresina. 
O coronel explica que as equipes policiais chegaram à residência após denúncia anônima, que relataram que a criança gritava muito. A suspeita inicial era que a menina estava sendo agredida fisicamente.
"A criança se encontrava na companhia deste adulto e os policiais do GPM flagraram o mesmo exibindo filmes pornográficos para a criança e acariciando as partes íntimas da menina. Infelizmente, mais um registro desta natureza que culminou com a prisão do autor", disse o coronel John Feitosa.
José Elismar Mendes da Silva,42 anos,  conhecido como Obama, foi conduzido para a delegacia da cidade. O delegado  Renato Pinheiro informou ao Cidadeverde.com que, em depoimento, a criança  contou que era violentada sexualmente pelo pai há, pelo menos, um ano.
“Quando a mãe saia de casa, o pai colocava filmes pornográficos e obrigava a filha a repetir as cenas com ele. Ele a ameaçava e prometia que, se a filha contasse sobre o abuso para alguém, iria matar ela e a mãe”, detalha o delegado. 
A criança foi encaminhada para Teresina onde realiza exames no Serviço de Apoio à Mulher Vítima de Violência Sexual (Samvis). Já o pai dela, José Elismar, foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável e está preso da cadeia pública de Castelo do Piauí. 
José Elismar trabalhava como pedreiro e tinha passagem pela polícia por furto.

Izabella Pimentel e Tiago Melo (TV Cidade Verde)
Especial para o cidadeverde.com
redacao@cidadeverde.com

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog