NOME NOME NOME NOME NOME

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Embriagada, mulher é presa após bater em carros durante cortejo fúnebre em Cuiabá



Cortejo fúnebre seguia pela Avenida Fernando Correa da Costa, na capital. Mulher de 43 anos foi detida e atuada por dirigir embriagada e lesão corporal.
Foto/Reptodução
Uma mulher, de 43 anos, foi detida por dirigir bêbada e bater em dois carros durante um cortejo funerário, em Cuiabá, neste domingo (4). Segundo a Polícia Civil, a mulher dirigia uma caminhonete e precisou ser algemada porque estava agressiva e alterada. Um ocupante do carro atingido foi encaminhado ao Pronto-Socorro de Cuiabá com ferimentos leves. A mulher foi autuada por dirigir alcoolizada e lesão corporal culposa.
O cortejo funerário seguia pela Avenida Fernando Corrêa da Costa, a 30 km por hora, segundo o corretor de imóveis Marcelo Ribeiro Leite. Ele estava no carro a caminho do cemitério Bom Jesus, no Bairro Parque Cuiabá, quando foi atingido.
“Meu carro rodou cinco vezes na pista depois que ela bateu nele. Ela estava a quase 150 km por hora”, disse Marcelo. Ele usava cinto de segurança na hora do acidente e foi levado para a unidade hospitalar com traumas musculares.
Motorista atingiu carros durante cortejo fúnebre em Cuiabá (Foto: Marcelo Ribeiro Leite/Arquivo Pessoal)
Após a colisão, a condutora tentou fugir do local, mas foi impedida pelos familiares do corretor, que fecharam o carro dela. Segundo a boletim de ocorrência, a mulher estava com sinais de embriaguez como olhos vermelhos, sonolência, odor de álcool e andar cambaleante. Ela, no entanto, se negou a fazer o teste do bafômetro.
“Já estávamos bastante sensibilizados por causa da nossa perda. Aí vem uma mulher que está descontrolada e faz isso”, declarou Marcelo.
Segundo Marcelo, a mulher estava com diversas notas de dinheiro na mão e tentou subornar os policiais para sair do local. A Polícia Civil, no entanto, não confirmou a versão. A condutora foi detida e autuada por dirigir alcoolizada e lesão corporal culposa.


Fonte:André Souza Do G1 MT

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog