NOME NOME NOME NOME NOME

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Filha é apreendida após confessar ter matado a mãe a facadas na Bahia



O crime aconteceu na terça-feira (6), na casa da família, localizada na cidade de Feira de Santana
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Uma estudante 15 anos foi apreendida após confessar ter matado a mãe a facadas, na cidade de Feira de Santana. Segundo informações da Polícia Civil, o crime aconteceu por volta das 14h de terça-feira (6), na casa da família, localizada no bairro Conceição.
De acordo com a delegada Daniele Lima dos Santos, titular da Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI), a adolescente disse em depoimento que constantemente discutia com a mãe e, no dia do crime, chegou a ser agredida por ela.
"Ela contou que queria sair para tirar a carteira de trabalho, mas a mãe não deixou, porque não deixava ela sair de casa. Então, segundo a jovem, a mãe pegou uma faca para agredi-la e chegou a feri-la", contou a delegada em entrevista ao CORREIO. 
Ainda segundo Daniele, a adolescente contou que durante a briga a tomou a faca das mãos da mãe e a esfaqueou. "Ao perceber que a mãe estava morta, ela disse que ficou muito assustada, levou o corpo para o quarto e tentou atear fogo. Os vizinhos perceberam e a garota então foi até a casa de uma amiga pedir ajuda, que a aconselhou a procurar a polícia", informou a delegada.
Por volta das 20h, a polícia tomou conhecimento da situação e iniciou o processo de investigação. Segundo a delegada, a outra filha da vítima estava em casa no momento que começou a discussão, porém, deixou a residência antes do crime ocorrer.
Após confessar o assassinato, a jovem foi apresentada ao Ministério Público, que recomendou a apreensão dela. A adolescente permanece custodiada no complexo da Polícia Civil de Feira de Santana aguardando a decisão judicial. Caso a Justiça decida pela manutenção da apreensão, a jovem será transferida para a cidade de Salvador.

Correio

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog