NOME NOME NOME NOME NOME

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Integrante do Comando Vermelho, jovem de 24 anos lucrava R$ 20 mil, autorizava crimes e tinha duas casas em MT



Mariana Reis Moscarelli Carvalho, 24 anos, presa na última segunda-feira (05), em Sinop (477 km de Cuiabá), acusada de integrar o grupo criminoso conhecido como Comando Vermelho (CV), lucrava R$ 20 mil por mês com o tráfico de drogas, era a responsável por autorizar crimes na região e ainda ostentava duas casas em cidades de Mato Grosso.
As investigações da Polícia Civil apontaram que a jovem seria líder da facção criminosa. Interceptações telefônicas identificaram que ela dava ordens aos membros do Comando Vermelho, recrutava novos integrantes e dava autorizações para que os bandidos cometessem crimes na região.
 A mulher tem mais de 10 passagens por roubo e tráfico em Sorriso. Ela ainda é proprietária de duas casas, sendo uma em Sorriso e outra em Sinop. A estimativa é que ela lucrasse algo em torno de R$ 20 por mês com os crimes. Para pedir autorização para cometer os crimes, integrantes do CV enviavam cartas escritas à mão.
Os policiais ainda identificaram um código de conduta da facção, impondo normas e regras para os membros do grupo. Mesmo quando estava presa, ela chegou a receber cartas de criminosos pedindo orientações para praticar crimes.Ela chegava a dar comida, abrigo e casa para os traficantes que atuariam no município.

Olhar direto

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog