NOME NOME NOME NOME NOME

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Jogador de futebol é detido com CNH falsa na BR-060, em Anápolis



Héverton Durães atuou por times como Guarani, Corinthians, Vitória, Atlético-PR e jogou também na Turquia e Na Coréia do Sul.
Foto;PRF
O jogador de futebol Héverton Durães Coutinho Alves, que atualmente atua no XV de Piracicaba, foi detido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-060, em Anápolis, de posse de documentação falsa. Ele foi abordado quando trafegava no km 85 da rodovia na tarde desta quinta-feira (29).
De acordo com a PRF, Héverton conduzia um veículo BMW 320i e fazia o trajeto de Brasília para Caldas Novas na companhia da família. Chamou a atenção dos policiais o fato de que o jogador transportava a filha pequena deitada no banco de trás, sem o uso da cadeirinha, conforme exigido por lei. Durante a abordagem foi constatado que o veículo possuía mais de R$ 6 mil em débitos e que a CNH apresentada era falsa.
O jogador relatou que o documento foi comprado por meio de um despachante no Estado de São Paulo. Ele foi preso e a ocorrência encaminhada à Polícia Federal em Anápolis.
Héverton tem 31 anos, é natural de Brasília (DF) e já atuou na Coréia do Sul e na Turquia. No Brasil, tem passagens pelo Guarani, Corinthians, Vitória, Atlético-PR e outros.
Em 2013 ele foi pivô de uma polêmica que culminou no rebaixamento da Potuguesa. Na época, ele atuava pelo time do interior paulista e entrou em campo no segundo tempo de um empate sem gols com o Grêmio, quando deveria estar cumprindo suspensão após ter sido penalizado por insultar o árbitro de uma partida entre a Portuguesa e a Bahia. Como resultado, a Justiça Desportiva determinou a perda de quatro pontos do time, provocando seu rebaixamento naquele ano.

Emais Goiás

comentário(s) pelo facebook:

Um comentário:

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog