NOME NOME NOME NOME NOME

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Policial Civil é morto em tentativa de assalto a uma agência do Itaú no Recife



Depois do roubo a um carro-forte em frente a uma agência do Itaú no bairro do Janga, em Paulista, no Grande Recife, no meio da tarde desta segunda-feira (19), outra unidade do banco foi cenário de tentativa de assalto no início da noite. Desta vez, a que fica na avenida Caxangá, no bairro da Iputinga, Zona Oeste do Recife. A investida causou a primeira morte em assalto a banco este ano em Pernambuco, de acordo com o Sindicato dos Bancários.
A vítima fatal foi o policial civil Wilson Pereira Barbosa Filho, de 29 anos, que trabalhava no Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) e não estava em serviço no momento do crime. Ele levou cinco tiros: nas costas, no rosto e no peito. O carro dele estava estacionado do lado de fora da agência.  
Três homens participaram do assalto, segundo o delegado Joaquim Braga Neto, que investiga o crime. Um deles entrou na agência e os outros ficaram do lado de fora, dando cobertura. "O policial chegou à agência por volta das 17h50 e percebeu a ação do bandido do lado de dentro. Ele trocou tiros com o criminoso e procurou se abrigar atrás de uma coluna do lado de fora. Mas ele não contava que haveria outro criminoso do lado de fora, que o alvejou", declarou.
Um dos bandidos foi baleado, mas foi socorrido pelo outro assaltante. Os três conseguiram fugir em motos. Viaturas da PM realizam diligências na região para tentar encontrar o fugitivo ferido, mas nenhuma pessoa teria dado entrada em unidades de saúde até o momento. Nada foi levado da agência.
“Não havia clientes no interior da agência, pois o horário de atendimento já havia encerrado. Tinha cinco bancários, dois vigilantes e ao menos um funcionário do setor de limpeza”, explicou o secretário de Assuntos Jurídicos do Sindicatos dos Bancários de Pernambuco, João Rufino Filho.
Técnicos do Instituto de Criminalística foram ao local. Os peritos recolheram o corpo para o Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro, na área central.

Investidas
De acordo com o diretor do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, João Rufino, de janeiro a dezembro de 2016, houve 15 assaltos a banco e 261 ações de violência (como arrombamento e explosão de caixas eletrônicos). Dessa vez, o crime terminou com a morte do policial.

Fonte:Folha PE

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog