NOME NOME NOME NOME NOME

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Cantor sertanejo fica preso à ferragens e morre após caminhonete cair de ponte em MT



O cantor sertanejo Wagner Roberto Marinho, de 34 anos, morreu após perder o controle da caminhonete que dirigia e cair de um ponte na cidade de Nova Monte Verde (936 km de Cuiabá), na noite de quarta-feira (4). A vítima, que pertence à dupla Marinho e Eduardo passava pela localidade, conhecida “Ponte Torta”, quando o veículo, modelo S10, de cor prata, caiu em um córrego com as rodas para cima.
Ele era morador de Alta Floresta (798 km da Capital) e ficou preso às ferragens, não resistindo aos ferimentos e morrendo ainda no local. O veículo foi retirado de lá com o auxílio de um guincho, na manhã desta quinta-feira (5). A Polícia Militar (PM), foi acionada e esteve no local. Agora, a situação será investigada pela Polícia Civil do município.
 O corpo de Wagner, que estava sozinho na caminhonete, foi encaminhado ao Instituto Médico Legal para a realização de exames de necropsia. De acordo com o site Floresta Net, a região é conhecida pelo alto índice de acidentes registrados. O trecho não é pavimentado e tem uma curva perigosa que antecede a chegada na ponte.

Olhar Direto

comentário(s) pelo facebook:

5 comentários:

  1. Cantor sertanejo?

    1 a menos ...
    Já tem muito dessas merdas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente idiota e sem respeito ao próximo tbm tem muito, pq vc não puxa a fila?

      Excluir
    2. Um amenos quando tu morrer nojento inútil

      Excluir
    3. Já tem muitas pessoas inútil igual a você e porque ainda não morreu Otávio boca de privada

      Excluir
  2. Tabajara Silveira, não estamos aqui para falar sobre qual a profissão dele, e sim, de um ser humano que se foi�� vc perdeu a oportunidade de ficar calado!hoje foi ele "cantor" amanhã pode ser vc ou alguém que vc ame,e aí,como vc ficaria lendo um comentário infeliz igual ao seu?
    Que Deus te abençoe, mas quem fere com ferro, com ferro será ferido!

    ResponderExcluir

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog