NOME NOME NOME NOME NOME

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Dona de panificadora é morta a tiros em Aparecida de Goiânia.



Criminoso, que estava em uma uma camionete importada, entrou na panificadora e deu dois tiros no rosto de Nilsa Custódio
Criminoso, que estava em uma uma camionete importada, entrou na panificadora e deu dois tiros no rosto de Nilsa Custódio
Assalto ou execução são as duas hipóteses que serão investigadas pela Polícia Civil para o assassinato da comerciante Nilsa Custódio Mateus, de 51 anos, que foi morta a tiros no início da noite desta segunda-feira (2). O crime aconteceu na panificadora pertencente à vítima, no Setor Garavelo Residencial Park, em Aparecida de Goiânia.
Segundo informações repassadas por testemunhas para policiais militares e civis, era pouco mais das 18h, quando um homem entrou na Panificadora e Mercearia União, que fica na Avenida União, e rendeu a proprietária. Nilsa Custódia foi levada para os fundos do estabelecimento e executada com dois tiros no rosto.
Até agora a polícia não sabe se ela foi morta a mando de alguém ou se o atirador a executou por ela não ter dinheiro no caixa. Após os disparos, o assassino fugiu em uma camionete importada modelo Frontier de cor prata.
Agentes do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia estiveram no local e ouviram algumas pessoas. Vizinhos relataram que Nilsa e o esposo  jamais tiveram qualquer atrito com alguém. A polícia procura por imagens de comércios e residências vizinhas que possam ajudar a identificar a placa do veículo usado pelo assassino.

Com informações do Mais Goias


comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog