NOME NOME NOME NOME

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Suspeito de estuprar capitã do Corpo de Bombeiros em São Luis-MA tem 14 anos



Crime aconteceu em São Luís-MA.Jovem foi identificado pelas imagens do circuito de segurança.
Suspeito de estuprar capitã tem 14 anos, segundo informou a polícia (Foto:Imagens/Câmeras de vigilância)
Um adolescente de 14 anos é o principal suspeito de ter estuprado uma capitã do Corpo de Bombeiros do Maranhão na madrugada da última sexta-feira (10). A polícia continua as buscas para realizar a apreensão do menor que está foragido. A polícia chegou até ele depois de analisar imagens do circuito de vigilância de casas próximas ao local do crime.
Familiares do suspeito já foram ouvidos pela polícia e confirmaram que as imagens captadas pelas câmeras são do filho. Apesar da pouca idade, o adolescente é suspeito de praticar de assaltos à residência nos bairros Araçagi, Turu, Olho d’Água e área adjacentes.
A capitã de 46 anos foi surpreendida pelo bandido quando saia de casa no bairro Chácara Brasil. O menor estava armado e obrigou a oficial do Corpo de Bombeiros a voltar para dentro da residência. O suspeito amarrou a vítima e roubou vários objetos de valor, principalmente joias, e uma determinada quantia em dinheiro. Depois a estuprou e fugiu
O caso foi registrado no 7º Distrito Policial, no Turu, mas está sendo investigado pela Delegacia Especial da Mulher, na Beira-Mar, sob o comando da delegada Wanda Moura Leite. A vítima foi submetida a exames periciais no Instituto de Criminalista (Icrim) nessa sexta-feira (10).
A assessoria de comunicação do Governo do Estado informou, por meio de nota, que a Polícia Militar e a Superintendência da Polícia Civil da Capital (SPCC) estão realizando diligências para prender o suspeito e recuperar o material roubado. O Corpo de Bombeiros Marítimo do Maranhão (CBMMA) informou que está prestando toda a assistência à capitã e sua família.
Vítima foi submetida a exames periciais ainda na sexta-feira (10) (Foto: Douglas Júnior/O Estado)
Do G1 MA


comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog