NOME NOME NOME NOME

terça-feira, 7 de março de 2017

Comandante com 52 anos de carreira faz voo de despedida e arranca aplausos de passageiros



Com 30 mil horas de voo, Oberdan Jordão fez discurso antes de pouso e agradeceu família e amigos de companhia aérea.
Reprodução
O comandante da companhia aérea Gol, Oderdam Jordão, fez um discurso durante o último voo de sua carreira e arrancou aplausos de passageiros. O discurso foi gravado e publicado na internet no dia 1º de março. Após 52 anos de carreira e 30 mil horas de voo, Oberdan Jordão agradeceu à sua família, comissários, amigos, chefes e aos passageiros, que aplaudiram a despedida.
O avião saiu do Aeroporto Juscelino Kubitscheck, de Brasília, e pousou no dia 28 de fevereiro no Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo.(Ouça o discurso abaixo)
"Este é meu voo de despedida da aviação comercial. Portanto, de fato despeço-me, me aposento. E digo a vocês que minha carreira na aviação foi longa e bonita. Voei, praticamente, pelo mundo todo”, disse o comandante.
Nascido em Pompeia, cidade do interior de São Paulo, Oberdan conta que seu brevê foi tirado pelo Aeroporto de Marília, em 1965. “Desde então, não parei.”
“E digo a vocês que minha carreira na aviação foi longa e bonita. Voei, praticamente, pelo mundo todo. Sempre gostei de avião, desde menino, e voar foi meu primeiro e único vício”, falou aos passageiros.
O primeiro agradecimento foi à sua esposa, que acompanhava o voo. Neste momento, ele foi aplaudido e continuou as dedicatórias: aos filhos, à mãe de seus filhos, aos amigos, comissários, chefes, colegas e aos próprios passageiros. “Ao me despedir da aviação, dedico este voo a vocês. Vocês que são a razão do existir das empresas aéreas. Aceite, portanto, o meu abraço amigo. E até já”, encerrou, sendo muito aplaudido.

G1

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog