NOME NOME NOME NOME NOME

sexta-feira, 24 de março de 2017

Dona de padaria em Goiás foi morta pelo filho da amante do marido



A comerciante foi assassinada com dois tiros dentro do banheiro do comércio em janeiro.
A Delegacia de Homicídios de Aparecida de Goiânia descobriu que uma traição foi o motivo do assassinato da comerciante Nilsa Custódio Mateus, de 49 anos, no dia 2 de janeiro desse ano. A vítima era dona de uma panificadora no Setor Garavelo Park e foi morta a tiros dentro do banheiro do estabelecimento.
O principal suspeito do crime é Athos Evangelista Guimarães, de 23 anos, filho da amante do marido de Nilsa Custódio. De acordo com o delegado adjunto Fabrício Rodrigues, a comerciante descobriu que o marido estava tendo um relacionamneto extraconjugal com a vizinha, Liandra Evangelista Cardoso, de 46 anos. A esposa e a amante discutiram e Liandra contou para o filho que estava com medo de sair de casa.
Athos Evangelista é foragido por tráfico de drogas. Os filhos da vítima acreditam que Liandra “encomendou” o crime, porém, até o momento a polícia descartou essa possibilidade.
Outros dois homens também são suspeitos de participarem do crime. As investigações apontam que Athos e dois comparsas chegaram no local em uma caminhonete, renderam a vítima e fugiram. Um dos envolvidos foi identificado como Vinícius Rodrigues Evangelista, de 25 anos. O terceiro ainda não foi identificado.
Em depoimento à polícia, Athos confessou que cometeu o crime porque a mãe estava sendo ameaçada, porém essa hipótese foi descartada.

Via/DM (Foto: Reprodução/ Facebook)


comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog