NOME NOME NOME NOME

sábado, 11 de março de 2017

Menino de quatro anos morre após cair de cobertura de prédio em Praia Grande-SP



Caso ocorreu durante a madrugada deste sábado (11); Polícia Civil investiga.
Yuri Martins Arroio, de 4 anos, morreu ao cair do 16º andar (Foto: Arquivo Pessoal)
O menino Yuri Martins Arroio, de 4 anos, morreu ao cair da cobertura do edifício de luxo onde residia apenas com o pai, no Bairro Aviação, em Praia Grande no litoral de São Paulo, às 3 horas deste sábado (11).
A queda foi do 16º andar e a criança chegou a ser socorrida por uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiros, mas já deu entrada sem vida no Hospital Irmã Dulce.
O pai do garoto é o empresário Wesley Ignoti Arroio, de 36 anos. Ele contou que chegou ao prédio de madrugada com o filho e se dirigiu ao banheiro. Momentos depois, o apartamento ficou em silêncio.
Ao chamar pelo filho, o pai não obteve resposta. Ele, então, saiu à procura do filho e se dirigiu ao andar inferior da cobertura, onde ficam a área externa e a piscina.
No momento em que olhou para a parte de baixo do edifício, Wesley viu um corpo na rampa de acesso à garagem superior e se desesperou, correndo para lá imediatamente.
O zelador e o síndico chegaram primeiro à rampa, provavelmente após escutarem o barulho da queda, e acionaram socorro para a criança.
O delegado Flávio Goda Magário compareceu ao local com peritos criminais e iniciou as investigações. “Esse caso arrasou todos os policiais do plantão”, declarou a autoridade policial, que é pai.
De acordo com Magário, os dados obtidos inicialmente não são suficientes para afirmar se houve dolo direto (intenção), dolo eventual (admissão do risco de provocar o resultado) ou culpa (negligência) do empresário na morte do filho.
Por esse motivo, o delegado considerou mais prudente instaurar inquérito para apurar todas as circunstâncias do caso. Pelo depoimento prestado pelo empresário a Magário, houve um acidente no momento em que ele se dirigiu ao banheiro e o filho ficou momentaneamente sozinho.

Com informações de A Tribuna

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog