NOME NOME NOME NOME NOME

quarta-feira, 1 de março de 2017

'Rodovia da morte': nova tragédia na BR-135 deixa 4 mortos, no sul do PI



A BR-135 foi cenário de mais uma tragédia na tarde desta terça-feira (28/02). Quatro pessoas morreram depois que um veículo saiu da pista, sem controle, e capotou. O acidente ocorreu próximo ao município de Cristalândia, bem próximo de onde no sábado quatro pessoas da mesma família morreram carbonizadas após a colisão com um caminhão tanque.
No acidente de ontem, o Honda Civic conduzido por Ione Ribeiro Alves, de 40 anos, saiu da pista durante uma ultrapassagem em local permitido. O motorista do veículo que vinha logo atrás informou ao Portal Corrente que o acidente não foi fruto de imprudência. "O que causou o acidente foi a altura da pista e a falta de acostamento", disse.
A esposa e a filha deste condutor estavam no Civic, e morreram. Ele viu tudo, e afirmou que Ione perdeu o controle do carro quando a roda traseira do veículo saiu da pista. Desgovernado, o veículo capotou e desceu a ribanceira às margens da rodovia.
Além da condutora do Civic morreram Michele, de 22 anos, sobrinha de Ione; Arya Faifer, de 26 anos e sua filha de 10 meses, Naomy. O Sargento Santos, da Polícia Militar do DF, marido de Ione e que ocupava o banco do carona sobreviveu, sofrendo apenas um ferimento leve na cabeça. Todos os ocupantes dos dois veículos são moradores do Distrito Federal e visitavam familiares e amigos no município de Gilbués, sua cidade de origem.
O sepultamento de todos os corpos acontecerá na cidade de Gilbués.
O Portal Corrente lembra que a rodovia BR-135, em toda sua extensão do Extremo-Sul do estado, não possui acostamento e há diversos pontos onde o asfalto está bastante danificado, com ondulações dentro da própria pista, obrigando os motoristas a fazerem manobras arriscadas para evitar acidentes. É pela estrada que escoa toda a produção do Cerrado e é a única porta de entrada e saída no sentido sul do estado.
Fonte: Com informações do Portal Corrente

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog