NOME NOME NOME NOME NOME

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Menina de 14 anos é estuprada em festa regada a álcool e drogas



A garota conta na denúncia que ficou desacordada e quando retomou a consciência o estuprador estava em cima dela, que foi violentada sob ameaças.
Uma adolescente de 14 anos foi estuprada em uma ‘festinha’ no residencial Milton Figueiredo, localizado no bairro Jardim Florianópolis, em Cuiabá. O crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira (3).
A Polícia Militar foi acionada para verificar a situação. De acordo com o boletim de ocorrência, a garota relatou que estava no local com outras pessoas, por volta das 0h20 “injerindo bebida alcoólica e fazendo uso de entorpecentes”.
A menina passou mal e ficou desacordada em determinado momento da festa. Em sua denúncia, a garota conta que acordou com o criminoso em cima dela, dizendo que queria ter relação sexual.
Ela recusou, porém foi agredida e ameaçada, caso não consentisse com o ato. A garota relata também que o criminosos ameaçou rasgar suas roupas. A vítima, com medo das ameaças e agressões, cedeu e foi violentada.
Ela foi obrigada a permanecer na casa após o ato e foi novamente ameaçada de morte, caso contasse sobre o estupro para alguém.
A garota conta que só foi ‘liberada’ após uma amiga ir até o endereço chamá-la.
Após a denúncia, uma equipe de policiais foi até o endereço onde o crime aconteceu, porém, o estuprador não foi localizado.
A vítima foi encaminhada até a Central de Flagrantes (Cisc) do bairro Planalto, onde o caso foi registrado.

Estupro de vulnerável
Os dados estatísticos da Secretaria de Estado de Segurança Pública apontam que 216 crianças e adolescentes menores de 14 anos, foram estupradas este ano, até 26 de março. Os dados equivalem à média de três crianças vítimas de abuso sexual todos os dias em Mato Grosso.
A pesquisa segue um padrão em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2016 foram registrados 242 casos de estupro de vulnerável (menores de 14 anos) e 32 crimes de estupro contra adolescentes com idades acima dos 14 e abaixo dos 18 anos.
Repórter MT

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog