NOME NOME NOME NOME

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Monstruosidade:Em vídeo padrasto diz como matou menino a mando da mãe



No vídeo, divulgado,Renato aparece algemado, no local do assassinato. Ele explicou para o delegado que tentou asfixiar o enteado várias vezes, usando as mãos, um lençol e até o cinto. Assista
De acordo com a policia civil, após três horas de interrogatório, e tendo em vista terem-lhe sido apresentadas todas as incongruências de sua versão, Renato acabou confessando ter sido o autor do homicídio de Antônyo. Ele afirmou tê-lo feito a pedido de Jeannie, que, segundo o homicida, não queria mais ter quaisquer responsabilidades sobre a criança. Ele afirmou ainda que a companheira estava “cansada e doente”, que “não aguentava mais o filho”, e desejava que Renato “se livrasse dele”.
O executor da ação criminosa declarou ter matado Antônyo por esganadura seguida de enforcamento. Após o homicídio, Renato teria transportado o corpo em uma caixa de papelão até um lote baldio não muito distante do local da consumação do crime, onde deixou o corpo. Na noite de sábado, o próprio Renato levou os policiais da Deic para o local, no qual o corpo foi, de fato, encontrado.
De acordo com o delegado Valdemir Pereira, Renato e Jeannie serão indiciados pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver e comunicação falsa de crime, cujas penas previstas são de, respectivamente, 12 a 30 anos, um a três anos e um a seis meses, além de pagamento de multa.
Assista abaixo um video onde o padrasto narra como cometeu o crime que abalou o estado de Goiás.


Plantão JTI

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog