NOME NOME NOME NOME NOME

terça-feira, 2 de maio de 2017

Polícia Civil aponta que mulher e amante tramaram morte de empresário em MT



Segundo a Polícia Civil, eles viviam um triângulo amoroso e o casal planejou o assassinato de Adalmir da Silva, de 40 anos.
Walner Rogério foi preso em casa, no sábado (29). Aline Meira, amante dele, está foragida.
O empresário Adalmir da Silva, de 40 anos, foi vítima de um crime passional. Ele foi assassinado a tiro dentro do carro ao sair de casa, no município de Campo Novo do Parecis (a 397 km de Cuiabá), no dia 8 de abril, e os investigadores apontam a mulher dele e o amante como os responsáveis pelo crime.
O amante e a esposa do empresário tiveram as prisões decretadas pela Justiça. Walner Rogério dos Santos, que era ex-marido e atual amante da esposa do empresário, foi preso em casa, no sábado (29). No local a polícia encontrou um revólver e uma espingarda calibre 12.
Aline Meira conseguiu fugir e até a edição da reportagem não havia sido localizada pelos policiais.
De acordo com o delegado Adil Pinheiro Paula, da Polícia Civil, Walner nega que tenha cometido o crime. Mas, segundo os investigadores, eles viviam um triângulo amoroso e o casal planejou o assassinato do empresário.

Caso
Adalmir foi morto ao deixar a residência onde morava em uma picape Fiat Strada. Ao ser atingindo, perdeu o controle da direção e bateu com o carro em uma árvore. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas quando os paramédicos chegaram no local atestaram a morte do empresário.
Nada foi roubado da vítima, que era natural da cidade de Derrubadas, no Rio Grande do Sul.

Repórter MT

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog