NOME NOME NOME NOME NOME

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Criança conta que era segurada pela mãe enquanto padrasto a estuprava em Campo Alegre-AL



Três pessoas de uma mesma família foram presas pela Polícia Civil, nessa quarta-feira (26), acusadas de crime de estupro de vulnerável na cidade de Campo Alegre em Alagoas. 
A vítima é uma menina, de apenas 10 anos de idade, e os acusados são padrasto, mãe e irmão da vítima, de 38, 48 e 22 anos, respectivamente.
De acordo com o delegado Alexandre Cesar, a criança relatou que a mãe a segurava e tapava sua boca enquanto o padrasto praticava o estupro.
A criança, segundo revela o delegado, relatou os abusos sexuais de forma “harmônica, coerente e com riqueza de detalhes”. Laudos psicólogos e médicos também foram importantes para confirmar os abusos, além do exame de corpo de delito que comprovou a materialidade do crime.
Segundo Alexandre Cesar, o padrasto já havia sido preso anteriormente pelo mesmo motivo, no ano passado. No entanto, nada foi comprovado contra ele. Dessa vez, além do depoimento da criança e das provas técnicas, a mãe confessa o crime, em uma tentativa de colaboração com a investigação.
O delegado diz que a mulher só não confirma a prática do estupro por parte do filho dela, irmão da criança. "Foi um crime que chocou em Campo Alegre. A juíza, inclusive, deu o máximo de celeridade à prisão dos acusados", ressaltou.
O caso foi denunciado pelo Conselho Tutelar e Ministério Público. O crime é considerado hediondo. A menina está sob a tutela da Casa Lar, no município de Campo Alegre, e os suspeitos estão presos preventivamente e à disposição da justiça.

Com informações e foto do TNH1

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog