NOME NOME NOME NOME NOME

terça-feira, 25 de julho de 2017

Diarista é presa por furtar R$ 50 mil em dinheiro e joias de casa em Salvador



Ela confessou o crime e afirmou que gastou dinheiro com roupas, comida e perfumes.
(Foto: Divulgação)
Antônia Cláudia da Conceição Cruz, 44 anos, foi presa nesta segunda-feira (24) acusada de roubar cerca de R$ 50 mil em joias e dinheiro na casa em que trabalhava como diarista, na Pituba bairro nobre de Salvador na Bahia. Ela foi presa por policiais da 7ª Delegacia (Rio Vermelho) depois de denúncia das patroas, uma mulher de 56 anos e a filha de 37.
Mãe e filha procuraram a polícia para prestar queixa após notar o sumiço do dinheiro e das joias. Elas relataram que a diarista tinha sido contratada recentemente e que além das duas era a única a entrar no apartamento, que fica na Rua Hilton Rodrigues.
Elas relataram que deram conta do sumiço dos objetos e do dinheiro no dia 20 desse mês. Foram levados 17 peças, incluindo relógios, anéis, brincos, pedras preciosas e outros, além de R$ 15,8 mil, guardados em um quarto do apartamento. 
Durante o depoimento, a diarista confirmou o furto. Disse ainda que todos objetos foram vendidos para dois comerciantes da Avenida Sete. Os dois também foram detidos e levados à delegacia, mas afirmaram não ter negociado com a suspeita, embora comprem ouro. A diarista disse ainda que gastou os R$ 15,8 mil em roupas, perfumes e alimentação. 
Antônia foi indiciada por furto qualificado. Os dois comerciantes continuam sob investigação. "Não é a primeira vez que comerciantes de ouro da Fundação Politécnica são acusados de receptação", diz o delegado Antônio Fernando do Carmo, titular da unidade. “Desarticulamos uma quadrilha que assaltava restaurantes e os integrantes disseram ter vendidos as joias a comerciantes da Fundação”.

Correio

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog