NOME NOME NOME NOME NOME

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Jovem mata avó, fere o companheiro dela e se joga de prédio em Salvador



Kayure Delano de Vasconcelos Bezerra Lima esfaqueou a avó, Rosana Maria de Vasconcelos Moreira Lima e tentou matar o companheiro dela, Francisco Moreira Lima Filho, dentro de um apartamento em Patamares, na orla de Salvador. Em seguida, o rapaz se jogou do 4º andar do prédio no condomínio Terrazo Verona, localizado na rua Bicuíba.
A mulher não resistiu aos ferimentos e morreu dentro de casa. Já o marido dela foi levado para o Hospital Geral do Estado, na avenida Vasco da Gama. O jovem também foi socorrido para o Hospital Menandro de Farias, em Lauro de Freitas. 
Inicialmente, a Polícia Militar identificou as vítimas como madrasta e pai do suspeito, mas a informação foi corrigida pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).
Policiais da 15ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) estiveram no local do crime, que foi isolada para realização da perícia .
Jovem diz que não se lembra do crime 
Kayure foi levado para o Hospital Menandro de Faria após a queda e em seguida foi detido.
Kayure Delano de Vasconcelos Bezerra Filho afirmou em depoimento que só se deu conta de que algo tinha ocorrido quando se viu caído sobre uma vegetação que fica no entorno do prédio onde morava.
Inicialmente, a informação era de que o homem era avô do suspeito. A polícia confirmou nesta segunda-feira (7) que ele não tinha laços sanguíneos com o jovem, mas criava Kayure como neto.
"Ele deduz que pulou, porque estava lá embaixo machucado. Quando se jogou, a queda foi amortecida por uma vegetação. Ele poderia estar morto", disse a delegada Marta Rodrigues Menezes de Aguiar, coordenadora da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico), em entrevista coletiva na manhã desta segunda.
Segundo a delegada, Kayure teve a prisão preventiva decretada e foi encaminhado para o Centro de Observação Penal (COP), na Mata Escura, nesta segunda.
A polícia trabalha com a suspeita de que o jovem tenha tido um surto psicótico. Segundo a delegada Milena Cálmon, que é titular da 1ª DH/Atlântico, será apurada a origem desse surto. "Se foi em decorrência de drogas ou problemas mentais", afirmou.
Segundo as delegadas, o jovem usou uma faca e um martelo para matar a avó, identificada como Rosana Maria de Vasconcelos Moreira Lima, enquanto ela dormia. O companheiro dela, Francisco Moreira Lima Filho, de 48 anos, foi agredido quando tentou socorrê-la.



A Tarde/G1

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog