NOME NOME NOME NOME NOME

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Mulher é morta em Manaus e facção criminosa deixa recado ao lado do corpo nu



“Essa não rouba mais aqui”, esse foi o recado deixado ao lado do corpo de uma mulher aparentando ter entre 20 e 25 anos. O corpo dela foi encontrada no igarapé do Franco, na Compensa, zona Oeste de Manaus-AM, no início da manhã desta quinta-feira (3). A vítima estava nua e não aparentava marca de agressão, segundo a perícia. Até às 10h, ninguém havia ido ao IML identificar o corpo.
O bilhete, deixado próximo ao corpo da vítima, está assinado por uma facção criminosa que atua no Amazonas. No recado é mencionado o nome “Maru Andre la Araujo Parros”. Até o momento, não se sabe de quem é o nome: se é da assassina ou da morta. O corpo e a única prova encontrada foram encaminhados para a perícia. “Visivelmente, o corpo não apresentava nenhuma marca de violência. Existiam algumas manchas de sangue, mas não havia perfurações. Somente o laudo do IML deve apontar de que forma a vítima foi assassinada”, explicou o perito que não quis se identificar.
Segundo policiais militares da 8ª Cicom, o corpo foi encontrado por moradores que saiam para trabalhar, por volta das 6h30. Foi necessário a ajuda dos bombeiros para resgatar do corpo.

Única conhecida
Quando o corpo era levado pelo carro do Instituto Médico Legal, a autônoma Querida Seixas, de 69 anos, disse que conhecia a mulher, encontrada morta. “Ela catava latinhas. Sempre via ela aqui pela ruas”, contou a senhora, lembrando que a vítima se chamava Aline e que ela residia próximo a uma ótica na avenida Brasil.
A Delegacia de Homicídios vai investigar o crime.

Daniel Landazuri
EM TEMPO




comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog