NOME NOME NOME NOME NOME

sábado, 9 de setembro de 2017

Alunas dão água da privada junto com comprimido para professora em Santa Catarina



As meninas de 11 anos enchiam a garrafinha da docente com água da privada e remédios trazidos de casa; o caso está na Secretaria de Educação.
A situação foi descoberta depois de colegas denunciarem o grupo que dava água da privada junto com comprimidos para a professora. (Foto: Ilustração/ Wikimedia Commons)
Quatro meninas foram suspensas em Jaraguá do Sul, norte de Santa Catarina, por dar água de privada junto com comprimidos para professora. A situação já vinha ocorrendo há algum tempo, mas só foi descoberta na última semana, depois que outra aluna denunciou a história para a diretora da instituição. O Boletim de Ocorrência foi registrado e a Secretaria de Educação da cidade está tomando as medidas necessárias.
Segundo informações, a docente tinha o hábito de carregar uma garrafinha com água, a qual as meninas se ofereciam para encher, mas em vez de água potável, ela era recarregada com água da privada e comprimidos esmagados que traziam de casa.
A educadora desconfiou do gosto estranho que sentiu e comentou com outros alunos. Esses, cansados de presenciar a maldade, resolveram delatar o que estava acontecendo. Contaram ainda que a líder do grupo pediu que todos trouxessem medicamentos que encontrassem em casa.
O caso foi levado para a Secretaria de Educação, Polícia Civil e Conselho Tutelar, entretanto, até agora a única providência tomada foi a suspensão das pré-adolescentes. Apesar de confessar o crime, elas não falaram o motivo. A professora está bem de saúde, mas muito abalada psicologicamente.
As identidades tanto das alunas como da vítima não foram reveladas.

RIC Mais

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog