NOME NOME NOME NOME NOME

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Jovem que desmaiou durante brincadeira em SP fica tetraplégico



Acidente aconteceu em Bertioga (SP). Jovem ficou durante um minuto debaixo d'água enquanto amigos achavam que era fingimento.
Ronald Leandro de Matos, de 29 anos, ficou tetraplégico após pular de um píer em Bertioga, no litoral de São Paulo. Segundo testemunhas, no momento do acidente, ele desmaiou ao atingir a água, mas os amigos achavam que era uma brincadeira, já que eles participavam de uma ‘competição’ de saltos.
A assessoria do Hospital Santo Amaro, em Guarujá, onde o rapaz está internado desde segunda-feira (23), informa que Ronald foi diagnosticado com trauma raquimedular e perdeu os movimentos do pescoço para baixo. Ainda segundo o hospital, a equipe médica não pode afirmar que a lesão é permanente, já que o trauma ainda é recente.
Na última terça-feira (24), a equipe médica retirou os tubos de Ronald, que permanece com tração cervical e colar no pescoço, se alimentando apenas por sonda. O hospital também informou que o paciente está sendo acompanhado por uma psicóloga.
Acidente
O acidente de Ronald aconteceu no Píer Licurgo Mazzoni, utilizado, normalmente, por pescadores da Baixada Santista. Uma turista que passeava pelo local flagrou o pulo e registrou em vídeo o momento que amigos socorrem o rapaz, já desacordado, antes dele ser levado em estado grave para o Pronto Socorro do Hospital Municipal.
"Vi o rapaz pulando. Ele desmaiou e ficou mais de um minuto com o rosto para dentro da água. Os amigos que estavam com ele pensaram que ele estava brincando e fingindo", contou a testemunha, que também compartilhou as imagens gravadas para alertar moradores e turistas sobre os problemas que podem ser enfrentados durante esse tipo de salto.
A turista também disse que gritou para pedir ajuda. "Falei que ele estava morrendo. Pedi para o pessoal pular dentro da água para ajudar a salvar", conta. Em seguida, um amigo do banhista pula no mar e o resgata, ao carregá-lo até uma das margens. O homem ainda respirava, mas estava desacordado e não reagia aos estímulos.
Ronald foi imediatamente encaminhado para o Pronto Socorro do Hospital Municipal de Bertioga e, posteriormente, transferido para o Hospital Santo Amaro, em Guarujá, onde continua internado em estado grave.
A Prefeitura foi consultada sobre a eventual proibição utilizar a plataforma por banhistas para pular no mar, mas não respondeu aos questionamentos. Segundo moradores, no local há a estrutura de um antigo píer, onde a vítima pode ter se acidentado ao ser lançar na água do mar.

G1

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog