NOME NOME NOME NOME NOME

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Mãe confessa ter matado a filha de 2 meses ao deixar criança cair no chão, em João Pessoa



A Polícia Civil, através do trabalho investigativo da equipe plantonista da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa da Capital, no início da manhã desta segunda-feira (30), realizou a prisão em flagrante de Suely da Conceição do Nascimento, pelo crime de homicídio culposo. O fato aconteceu no bairro de Mandacaru, em João Pessoa.
Ela é acusada de ter matado sem querer a sua filha, identificada como Islan Miguel, de apenas dois meses de idade. Segundo informações preliminares, a mãe só teria dado conta que sua filha estava sem vida horas após a morte, por volta das 06h.
Após a chegada da equipe desta Delegacia, a conduzida disse que queria falar toda a verdade e confessou que, durante a madrugada, enquanto estava dando comida ao bebê, acabou adormecendo, instante em que seu filho caiu com a cabeça no chão, sendo esta a causa da morte. Além disso, a conduzida confessou que na noite anterior tinha ingerido bebida alcoólica.
Entenda – Um bebê de dois meses foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (30) em uma residência em Mandacaru, bairro de João Pessoa. A madrinha percebeu que a criança não estava se mexendo, decidiu checar de perto e viu que estava morta.
O SAMU foi chamado e esse solicitou a presença da polícia no local porque foi constatado a presença de sangue. A Polícia Civil foi informada e o corpo da criança deve passar por exames para identificar a causa da morte.
Quando a equipe de emergência chegou ao local, a criança estava morta há cerca de três horas e já havia sido retirada do seu local de dormir para ser colocada na cama da mãe. Manchas de sangue foram encontradas nas roupas do bebê, no chão e nos leitos.
Informações extraoficiais dão conta de que a morte teria sido causada por falta de oxigênio já que ela apresentava roxidão, mas estava com a boca limpa, sem apresentar sinais de engasgo. Os médicos não descartam a possibilidade ter vomitado e engolido o próprio vômito.
A genitora deixou claro que não dormiu sobre a vítima e informou que a neném não tinha problemas cardíacos.

PB Agora

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog