NOME NOME NOME NOME NOME

sábado, 7 de outubro de 2017

Sobe para oito o total de vítimas mortas por vigia em creche



Suspeito do crime também morreu, totalizando nove óbitos.
Suspeito do crime também morreu, totalizando nove óbitos
Subiu para nove o número de mortos no ataque a uma creche, em Janaúba, no norte de Minas Gerais — são sete crianças, uma professora e o autor do ataque. A informação da morte Cecília Davina Gonçalves dias e Yasmin Medeiros Salvino, ambas de quatro anos, foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros nesta sexta-feira (6).
As duas garotas estavam internadas no Hospital Santa Casa de Montes Claros, no norte do Estado. Cecilia já havia sido dada como morta pelas autoridades de Minas Gerais, na noite dessa quinta-feira (5). A menina estava em parada cardíaca e, após manobras de reanimação cardiopulmonar, foi reanimada.
Na quinta-feira, data do ataque, quatro crianças morreram dentro da creche, assim como o autor do ataque. À noite, mais um garoto morreu, assim como a professora Heley de Abreu Batista, de 43 anos, que lutou com o agressor e impediu que salvou algumas crianças.
Ataque
Segundo testemunhas, o vigia noturno e vendedor de sorvetes Damião Soares Santos, de 50 anos, teria abraçado as crianças com o corpo em chamas, dentro do Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, em Janaúba, na região norte de Minas Gerais. Segundo a Polícia Civil, Santos sofria com problemas mentais como delírios. Apesar disso, o crime teria sido premeditado e não teve relação com a doença.
Para atrair os menores, Santos anunciou que distribuiria picolés para eles. Em entrevista,o prefeito de Janaúba, Carlos Isaildon Mendes (PSDB) disse que não havia motivos para barrar a entrada do vigia na escola, uma vez que ele não estava mais afastado. Segundo a polícia, após voltar de férias, Santos não foi trabalhar, alegando problemas de saúde. Na quinta-feira (5), ele foi chamado para conversar com a diretora e realizou o ataque.

Mortes confirmadas:

Cecilia Davina Gonçalves dias, de quatro anos

Juan Pablo Cruz dos Santos, de quatro anos

Luiz Davi Carlos Rodrigues, de quatro anos

Ruan Miguel Soares Silva, de quatro anos

Ana Clara Ferreira Silva, de quatro anos

Renan Nicolas dos Santos Silva, de quatro anos

Yasmin Medeiros Salvino, de quatro anos

Heley de Abreu Batista, de 43 anos — professora

Damião Soares Santos, de 50 anos — suspeito do ataque

Feridos:

15 internados em Montes Claros

13 internados em Belo Horizonte

13 internados em Janaúba


Do R7

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog