NOME NOME NOME NOME NOME

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Robinho é condenado a 9 anos de prisão na Itália por violência sexual



Jogador teria abusado sexualmente de albanesa em boate na Itália
A 9ª seção do Tribunal de Milão condenou o atacante Robinho a nove anos de prisão por "violência sexual em grupo" contra uma jovem albanesa em uma boate da capital da Lombardia, na Itália, em janeiro de 2013. Segundo o jornal italiano Gazzeta Dello Sport, a jovem tinha 22 anos. 
Segundo a investigação, a violência foi consumada pelo jogador, que à época disputava a terceira das quatro temporadas pelo Milan. O ato de abuso, de acordo com o jornal, envolveu Robinho e outras cinco pessoas. Atualmente, o jogador atua pelo Atlético Mineiro.
Em 2009, o atacante foi detido por suspeita de violência sexual, quando jogava pelo Manchester City. O jogador se livrou das acusações após investigação da polícia inglesa. Vídeos do local do suposto crime comprovaram que a jovem em questão estava mentindo.
A advogada do jogador, Marisa Alija, não quis comentar o caso. A representante de Robinho afirmou que ainda não foi notificada da decisão judicial.

*Colaborou Pedro Rubens Santos, estagiário do R7

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog