NOME NOME NOME NOME NOME

domingo, 4 de março de 2018

Homem armado invade apartamento em Santa Maria-RS e mata pai e filho e fere mãe



Mulher que foi atingida por dois tiros conseguiu pedir ajuda a familiares por meio de mensagens.
Foto/Marcelo Martins / Agência RBS
Uma sequência de crimes fez com que moradores de uma das principais ruas do centro de Santa Maria, a Floriano Peixoto, acordassem em pânico na madrugada deste sábado (3). 
Começou por volta das 5h: um homem armado com uma pistola 9 mm teria descido a rua e  abordado um grupo de jovens em frente a um bar. Inicialmente, a Polícia Civil trabalhava com a hipótese de ele ter exigido a chave do carro que estava estacionado próximo ao local, mas depois apurou que ele havia pedido carona, alegando estar sendo perseguido. 
egundo a investigação, Marcelo Fraccari, dono do veículo, se negou a levá-lo no veículo e foi baleado no peito. Fraccari foi encaminhado ao Hospital de Caridade de Santa Maria e não corre risco de morrer. Os outros jovens correram para dentro do bar e avisaram a Brigada Militar (BM).
Na sequência, o atirador teria descido a Floriano Peixoto e pulado um muro de cerca de quatro metros para, depois, ingressar em um prédio de dois andares, invadir um apartamento no térreo e render Gilberto Mendes, 62 anos, Gabriel Mendes, 16 anos, e Vera Lúcia Gonçalves, 56 anos.
Conforme o delegado regional da Polícia Civil, Sandro Meinerz, o atirador provavelmente conseguiu ingressar no apartamento porque a porta não estaria chaveada, já que um outro filho do casal estava por chegar. 
Dentro do apartamento, segundo a Polícia Civil, o homem atirou na nuca e no pescoço de Gilberto, que morreu na hora. Depois, teria ido em direção a um quarto e matado o filho dele, Gabriel, atingido por um disparo na nuca.
A esposa e mãe das vítimas, Vera Lucia Gonçalves, teria se escondido dentro de um roupeiro em um dos quartos. Por meio de mensagens, ela pediu ajuda a um familiar, que chamou a polícia. Vera conseguiu sair do apartamento, mas mesmo assim foi ferida por dois disparos que a atingiram no rosto e no tórax. Após escapar do local, foi levada para o Hospital Universitário de Santa Maria (Husm).  
Por volta das 9h, a Brigada Militar (BM) e a Polícia Civil, que faziam cerco ao local do crime, conseguiram entrar no apartamento e render o atirador.
Os corpos de pai e filho estão sendo necropsiados no Posto do Departamento Médico Legal, em Santiago, distante 152 quilômetros de Santa Maria.  A previsão é que sejam liberados por volta da meia noite. O velório está previsto para a partir da meia noite deste sábado na capela 1 do Hospital de Caridade de Santa Maria. O sepultamento, ainda sem horário definido, será domingo, no Cemitério Ecumênico Municipal.  
Gilberto, Gabriel e Vera Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

"Surtado e visivelmente perturbado", diz delegado

A Polícia Civil começa, a partir de agora, a buscar pistas que possam, de alguma forma, ajudar a esclarecer a sequência de crimes. 
O homem detido foi identificado como Diego Anderson Fontoura, 29 anos, e faria uso de substâncias psicotrópicas, segundo o delegado Meinerz. 
— Ele disse que estava sendo perseguido. Foi uma das poucas coisas que conseguimos tirar dele. Ele estava caído em um dos cômodos da casa, a poucos metros de onde estava uma das vítimas — contou o policial, acrescentando que o homem não portava documentos. —  Ainda não foi possível identificá-lo. De antemão, podemos dizer que ele não é conhecido das autoridades policiais.
Encaminhado à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), o suspeito teve piora no quadro de saúde, provavelmente por ter ingerido drogas, segundo o delegado. Ele está em estado gravíssimo.
O ingresso no apartamento das vítimas se deu, conforme o delegado, "de forma aleatória".

Gaucha ZH

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog