NOME NOME NOME NOME NOME

quarta-feira, 7 de março de 2018

Inventor paranaense morre ao testar criação em Maringá



O jovem de 26 anos finalizava uma máquina de alta pressão quando ela explodiu
Fernando sofreu um corte profundo no pescoço. (Foto: Reprodução/Facebook)
Um inventor de 26 anos morreu, na tarde desta terça-feira (6), por volta das 18h, quando testava sua última criação em Maringá, no norte do Paraná. O incidente aconteceu na garagem da residência da família.

O incidente
Fernando Pereira Basto experimentava uma máquina de alta pressão, que poderia ser usada para lavar calçadas, quando aumentou potência para o máximo e algo deu errado. O objeto explodiu e lançou um pedaço de cano em seu pescoço. Ele chegou a correr até a rua e pedir socorro aos vizinhos que chamaram o Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate).
Quando as equipes de resgate chegaram ao local, o rapaz já estava sem vida. Possivelmente, pela grande perda de sangue causada pelo corte profundo.A Polícia Militar esteve no local e registrou um Boletim de Ocorrência.
Moradores do Conjunto Requião, onde Fernando morava, se reuniram em frente à casa do jovem e lamentaram a morte prematura do inventor que era muito querido por todos na localidade. 

Paixão
Familiares contam que o jovem era apaixonado por engenharia eletrônica e adorava inventar equipamentos domésticos. Ele aproveitava as horas vagas para criar objetos que poderiam ser úteis a todos.
Ele deixa um casal de filhos e a esposa.
A invenção explodiu e as peças voaram pelo local. (Foto: Reprodução/RICTV)
*Com informações de Fábio Guillen, repórter RICTV Maringá

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog