NOME NOME NOME NOME NOME

segunda-feira, 12 de março de 2018

Menino de 9 anos morre com tiro após disparo acidental com arma do pai em Manaus



O menino teria pego a arma do pai, que é do Batalhão de Choque da Polícia Militar, e, acidentalmente atirou no próprio pescoço.
Foto/Reprodução
O menino Ioseeph Bismark da Silva Ribeiro, de apenas 9 anos morreu ontem (11) vítima de um disparo acidental de uma pistola PT 40 de seu pai, o policial militar José Ribamar da Silva Ribeiro, do Batalhão de Choque. Tudo aconteceu por volta das 13h, na Rua 4 Mutirão (Amazonino Mendes), Zona Norte de Manaus.
Em depoimento na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), o pai do menino, bastante abalado disse que um primo dele foi quem encontrou Ioseeph Bismark com ferimento no pescoço, caído no chão e perdendo bastante sangue.
Ioseeph, foi levado ao Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, na Zona Leste, mas não resistiu ao ferimento e morreu.
A atendente de lanchonete, Paulina da Silva Lima, de 32 anos, mãe do menino, disse que Ioseeph Bismark, era o único filho do casal, que está separado há mais de um ano.
O menino morava com Paulina, mas passava os finais de semana com o pai. A mãe disse ainda que quando chegou ao hospital já encontrou seu filho morto. E lá foi informada que a pistola PT 40, de seu ex-companheiro estava em cima de um armário, e que Ioseeph teria pegado a arma e efetuado um disparo acidentalmente.
O pai da vítima, o policial do Batalhão de Choque, José Ribamar, após prestar depoimento a delegada Juliana Paiva, na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por omissão de cautela, foi liberado.

Fato amazonico

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog