NOME NOME NOME NOME NOME

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Preso algemado furta viatura da Polícia Militar no estado de Goiás



Preso algemado teria conseguido sair do porta-malas, tomado controle da viatura e fugido com carro; o homem chegou a colidir em uma moto e deixou motociclista ferido
A Corregedoria da Polícia Militar abriu um Procedimento Interno para apurar o que levou um homem algemado, no porta-malas de uma viatura roubar o carro e atropelar um motociclista. As informações ainda são extraoficiais, porque a corporação não se pronunciou oficialmente sobre o fato. Tudo aconteceu na noite de sábado, 21, em Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, quando os policiais se preparavam para registrar uma ocorrência no Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).
Suspeito de um crime, preso pela guarnição da viatura do 19º Batalhão da Polícia Militar do Novo Gama, o criminoso esperou o momento que estivesse só, em local propício para não ser visto, e não pensou duas vezes: quebrou o plástico da porta que fecha o porta-malas, abriu o compartimento puxando um cabo de aço que ficou exposto e, em seguida, com as algemas presas, saltou do carro e ocupou o lugar do condutor.
Funcionários do Ciops da cidade não conseguiram dizer se o preso estaria algemado com os braços para frente, mas questionam a possibilidade. O caso foi registrado pela equipe do plantão do sábado, e o pessoal que está em serviço nesse domingo não entra em detalhes de ocorrências anteriores.
Durante a fuga, um motociclista não identificado foi atingido pelo homem que conduzia a viatura 8990. As informações iniciais eram de que, com a colisão o homem teria fraturado uma das pernas. Policiais de plantão no 19º BPM na manhã desse domingo não confirmaram essa informação, e não aceitaram comentar o fato.
A Assessoria de Imprensa da Polícia Militar ainda não se pronunciou sobre o fato, o que deve acontecer nessa segunda-feira, 23.

Mais Goiás

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog