NOME NOME NOME NOME NOME

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Jovem é presa por encomendar morte de irmão, após levar tapa no rosto



Crime aconteceu na segunda-feira (11). Ela e o namorado, suspeitos de terem matado o adolescente de 17 anos, foram presos nesta quinta-feira (14) no litoral paulista.
Uma jovem foi presa em Itanhaém, no litoral de São Paulo, após encomendar a morte do próprio irmão, de 17 anos, ao atual namorado. Esse pedido aconteceu após uma briga entre os dois, que terminou com um tapa no rosto que revoltou a suspeita. A confusão teria acontecido no dia anterior ao crime, por motivo ainda desconhecido das equipes de investigação. O autor do crime também foi preso e responderá por homicídio. Segundo a polícia, ambos foram presos nesta quinta-feira (14), após planejarem e executarem, com um tiro, o adolescente.
Karina Cristina de Souza, de 24 anos, e o irmão Lucas Rodrigo de Souza moravam no bairro Umuarama. De acordo com informações da equipe de investigação da Delegacia de Investigações Gerais do município, o jovem havia prometido se vingar da irmã. A situação foi presenciada pelo namorado de Karina, Reginaldo Gomes da Silva, de 50 anos, que, em depoimento, disse ter ficado com medo da ameaça de Lucas. O casal então planejou a morte do jovem. Na terça-feira (12), após Lucas sair de bicicleta com um amigo, Karina ficou sentada na frente do imóvel onde o rapaz morava, e Reginaldo se escondeu em um local próximo.
Ao ver o irmão retornando para casa com um colega, Karina avisou o namorado que, escondido, esperou Lucas. Ao entrar em casa, o jovem foi baleado com um tiro de espingarda no rosto. Os dois fugiram do local do crime, mas foram presos pela equipe da DIG após investigações que indicaram a autoria do casal. Ao ser ouvida pela polícia, Karina tentou negar o crime, mas o depoimento da jovem não bateu com as informações coletadas. A prisão temporária de Karina e Reginaldo foi decretada, e o casal foi preso após serem encontrados dentro da casa onde aconteceu o crime. Os dois permanecem presos na Cadeia Pública da cidade.

G1

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog