NOME NOME NOME NOME NOME

domingo, 3 de junho de 2018

Suspeito de tramar assalto que terminou na morte do pai na Paraíba é preso



Jovem disse ter dado "coordenadas aos suspeitos" e foi preso durante missa de 7º dia do pai.
Herick Ramon foi encaminhado para a Central de Polícia, em João Pessoa (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)
O filho de um gerente de um posto de combustível na Paraíba é o principal suspeito de ter planejado um assalto ao estabelecimento, no sábado (26). O crime acabou vitimando Severiano Maciel Ramos, pai do jovem identificado como Herick Ramon Diniz, 25, que foi preso na última sexta-feira (1º), durante a missa de 7º dia do pai.
Herick Ramon foi levado para a Central de Polícia Civil, onde foi interrogado na presença do advogado. Segundo informações do delegado Wagner Dorta, o filho de Severino Maciel sabia da presença do pai no posto de combustível e, durante o assalto, ele estava próximo ao local, escondido. "Ele confessou na presença do advogado que deu as coordenadas aos suspeitos", declarou Dorta. O inquérito policial demonstra que Herick Ramon e os dois suspeitos de atirarem contra o gerente se comunicaram antes do crime acontecer.
Durante interrogatório na Central de Polícia Civil, Herick declarou que o pai, Severino Maciel, sempre foi de reagir a assalto. Portanto, segundo Dorta, sabendo da personalidade do pai, o filho assumiu a responsabilidade do que poderia acontecer. Ainda segundo o delegado, Herick Ramon planejou o crime porque estava devendo R$ 1 mil e estaria sendo pressionado para pagar o valor. 
Herick Ramon Diniz já foi preso em 2017 com três pinos de cocaína. No entanto, foi solto em seguida. De acordo com Wagner Dorta, a polícia também investiga se Herick estaria envolvido em um assalto a uma farmácia, também em 2017.

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog