NOME NOME NOME NOME NOME

terça-feira, 3 de julho de 2018

PM é filmado beijando outro homem e pede afastamento após ameaças



A homofobia fez um caos na vida do policial militar Leandro Prior, de São Paulo, depois que um vídeo no qual ele aparece dando um selinho em outro homem ter sido divulgado.
As cenas, filmadas em um vagão da Linha 3-Vermelha do Metrô da capital paulista, fizeram com que ele pedisse afastamento médico na última sexta-feira (29/6). “Acabaram com a minha vida. Hoje eu estou afastado, passei no médico. Não é só a homofobia o problema, é mais grave que isso, estou sofrendo ameaças de morte. Eu quero continuar a trabalhar”, disse ele, segundo o Correio 24 horas.
Leandro, que está na corporação há quatro anos, precisou se internar em uma clínica de repouso no sábado (30). O advogado da vítima, José Beraldo, garantiu que será registrado um boletim de ocorrência. “É um crime cibernético. Vamos estudar que medidas adotaremos para que o Google e o Facebook nos ajudem a identificar o autor do vídeo e as pessoas que estão fazendo ameaças de morte. Queremos que o material seja retirado da internet.”
Beraldo afirma que o beijo era algo entre amigos e que Prior está sendo perseguido por ódio. A Polícia Militar enviou uma nota ao portal na qual afirma que  “as ameaças feitas ao PM pelas redes sociais, com conotação homofóbica, estão sendo apuradas. Além da investigação, a instituição colocou à disposição do policial militar medidas protetivas, por meio do Programa PM Vítima, da Corregedoria”.
Porém, a PM afirmou que “a conduta do PM fardado no Metrô captada em vídeo será apurada única e exclusivamente sob o aspecto administrativo, pois demonstra postura incompatível com os procedimentos de segurança que se espera de um policial fardado e armado, que exigem que esteja alerta”.

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog