NOME NOME NOME NOME NOME

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Brutal: Filho mata a mãe, grávida de três meses, a facadas para roubar R$ 1,7 mil



Adriel Werick da Silva, de 19 anos, tentou roubar R$ 1,7 mil e duas armas que a mãe, Maria Lucivânia da Silva, 35, guardava em casa. Crime foi na tarde deste sábado (4).
A comerciante Maria Lucivânia da Silva, 35 anos, foi assassinada com três tiros na tarde deste sábado (4), no distrito de Lage Grande, no município de Catende (Zona da Mata pernambucana). De acordo com o delegado Bruno Gabriel, o autor dos disparos foi o filho da vítima, Adriel Werick da Silva, 19 anos. A mulher estava grávida de três meses. “Segundo informações de testemunhas, mãe e filho viviam em constantes desentendimentos. O rapaz morava com o pai em Jaboatão dos Guararapes, mas há três meses vinha sendo perseguido por crimes que cometeu na cidade e foi viver com a mãe no interior. Ele tentou roubar R$ 1,7 mil e duas armas que a mãe guardava em casa e acabou atirando contra ela”, conta o delegado.
Fuga e tentativa de linchamento
Depois de atirar, o rapaz tentou se esconder no bairro China, em Catende, mas foi preso Polícia Militar. Populares tentaram linchá-lo em represália pelo crime cometido contra a mãe. Ele foi encaminhado à Delegacia de Catende. De acordo com a Polícia Civil, até então Adriel não tinha passagem pela polícia. O rapaz será submetido à audiência de custódia no município de Palmares (Zona da Mata pernambucna). De acordo com a Polícia, Lucivância tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas e guardava em casa um revólver 38 e uma pistola de calibre 380.

Louro Mgalhães/JC On line

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog