NOME NOME NOME

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Homem atirou mais de 30 vezes contra jovem e bebê de 8 dias de vida, em Anápolis



A Polícia Civil de Anápolis informou, nesta quinta-feira (25/1), que o autor do crime que matou Laura Catrine da Conceição Alves, de 21 anos, e a filha dela, de oito dias de vida, atirou 32 vezes em direção a elas. O crime, que aconteceu em Anápolis, possui características de execução de acordo com o delegado Renato Rodrigues. Para o investigador, a possibilidade de latrocínio (roubo seguido de morte) foi descartada.
Segundo o jornal O Popular, testemunhas contaram que um carro com três ocupantes parou na porta da residência e um homem entrou no imóvel. “Ainda não descobrimos como ele entrou na casa”, afirmou o delegado. Laura tentou correr para o quarto com a filha no colo, mas foi atingida pelos tiros. Quatro acertaram a criança.
Familiares relataram à polícia que a jovem vinha sendo ameaçada por um ex-namorado. O rapaz é foragido do presídio de Jaraguá. “Nós vamos ter de ver certinho esta questão de relacionamentos anteriores, de ameaças que ela sofreu para realmente chegar nesse ponto, se foi um feminicídio, um crime passional ou não”, explicou Oliveira.
Laura, que não possuía passagens, deixa um filho de três anos, cujo o pai foi assassinado há aproximadamente dois anos. A bebê é filha de outro relacionamento.


comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog