NOME NOME

sexta-feira, 26 de junho de 2020

Homem mata amante da esposa atropelado após flagra dentro de motel em MG



O idoso foi atropelado pela caminhonete, e o suspeito fugiu na sequência.
Um homem de 47 anos matou um idoso, de 69, em um motel em Araçuaí (Google Street View/Reprodução)
Um homem de 47 anos matou um idoso, de 69, em um motel em Araçuaí, no Vale Jequitinhonha e Mucuri, na tarde dessa quarta-feira (24). De acordo com a PM (Polícia Militar), o suspeito teria seguido o idoso e a esposa até um motel, onde confirmou a traição. Desde então, a polícia tenta localizar o suspeito. 
Durante a tarde dessa quarta, a PM recebeu uma ligação de uma pessoa informando que um homem havia sido atropelado por uma caminhonete e o motorista havia fugido. Ao chegar até o local, na BR-367, os militares se depararam com um idoso caído no chão, com uma fratura na cabeça. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou a prestar os primeiros-socorros, mas o idoso morreu no local. 
Em depoimento, um funcionário do motel relatou à polícia que, por volta das 15h, um carro Pálio, de cor prata, entrou no motel junto com uma mulher em uma motocicleta. O motorista do carro pediu um quarto, e a mulher também entrou no mesmo local com o homem. Dentro do quarto, os dois pediram uma garrafa de cerveja e duas de água. 
Suspeito seguiu dupla
Cerca de 10 minutos depois, uma caminhonete com o suspeito entrou no local e também pediu um quarto, que ficava próximo ao das outras duas pessoas. Pouco tempo depois, o funcionário do motel relatou que ouviu muitos gritos e o idoso apareceu assustado: “Abre o portão, deixa eu sair, o marido dela está aqui, ele vai me matar”. O funcionário conta que deixou, de imediato, o idoso passar.
O homem com a caminhonete também apareceu logo atrás, pedindo passagem. Uma mulher loira surgiu com uma faca na mão, com alguns sangramentos, bastante nervosa, e reforçou o pedido do motorista: “Abre o portão para ele sair”. O funcionário abriu o portão e o homem saiu com a caminhonete. A mulher voltou ao quarto, pegou seus pertences e também foi embora do local, com sua motocicleta.
Segundo testemunhas, o idoso foi atropelado pela caminhonete, e o suspeito fugiu na sequência. A polícia conseguiu localizar, abandonada, uma caminhonete com o farol dianteiro quebrado. Pelas câmeras de segurança do local, a PM conseguiu identificar que se tratava do veículo usado no crime.
Família sumiu
A polícia conseguiu identificar o dono caminhonete e o local onde ele mora com a família. Na residência, vizinhos informaram que a mulher e os filhos saíram 15 minutos antes da polícia chegar. Desde o momento do crime, ninguém retornou à casa.
A perícia verificou que a vítima tinha três ferimentos na cabeça. Além disso, localizaram a carteira do idoso, que era morador de Belo Horizonte. Com os pertences dele, estavam uma aliança dourada em seu dedo, uma corrente dourada e aproximadamente R$ 15 mil.
O suspeito segue foragido. O crime é investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Araçuaí.

(Por: Bhaz)

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog