NOME NOME NOME NOME NOME

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Suspeitos de fraude em concurso para agente penitenciário são detidos em Fortaleza



Mais de 60 mil pessoas participaram da prova. A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará confirmou as fraudes
O concurso para agente penitenciário aconteceu no último domingo (1º) (FOTO: Divulgação)
Um grupo de pessoas foi detido em Fortaleza com suspeita de fraude no concurso público para agentes penitenciários, que aconteceu no último domingo (1º). A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará confirmou as fraudes.
Os suspeitos do ato criminoso foram encaminhados para a Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco) e segue em andamento. O número de pessoas envolvidas não foi divulgado. Mais detalhes serão repassados durante esta segunda-feira (2) pela SSPDS.
A ação que investigou e prendeu os suspeitos da fraude foram realizados pela equipes da Coordenadoria de Inteligência da SSPDS, da Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco), de agentes penitenciários da Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) e do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Ceará (MPCE).
O concurso aconteceu no último domingo (1º) e mais de 60 mil pessoas participaram da prova no Ceará. O salário inicial é de 3.747,29, incluindo adicional noturno e gratificação.
De acordo com o edital do concurso, as vagas serão distribuídas por oito microrregiões. Para a Região Metropolitana de Fortaleza está reservado o maior número de novos agentes, totalizando 556. Região do Cariri e Centro Sul receberá 88 vagas, Litoral Oeste tem 85, Sobral e Ibiapaba têm 84 vagas. Para o Sertão Central são 74, o Litoral Leste e Jaguaribe contam com 57 vagas, Sertão dos Inhamuns tem 50 vagas e Baturité, seis vagas.

Lyvia Rocha/Tribuna do Ceará

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog