NOME NOME

quarta-feira, 4 de agosto de 2021

[VÍDEO] 1,3 tonelada de cocaína é descoberta em jatinho no aeroporto de Fortaleza


A droga estava dentro de 24 malas de viagem.
Um total de tonelada de cocaína foi apreendida quando passageiros tentavam embarcar em um jatinho (Foto: Polícia Federal)

Um total de 1,3 tonelada de cocaína é descoberta dentro de 24 malas em jatinho no aeroporto de Fortaleza na manhã desta quarta-feira, 4,  foi apreendida pela Polícia Federal em um jato executivo no Aeroporto Internacional de Fortaleza. Um passageiro espanhol e quatro turcos, membros da tripulação da aeronave, foram conduzidos para a PF e estão sendo interrogados.
A apreensão decorre de investigação da PF. A droga foi flagrada em uma aeronave executiva de nacionalidade turca que decolou de Ribeirão Preto (SP) e tinha como destino Bruxelas, na Bélgica.
A droga estava acondicionada em 24 malas pertencentes a um passageiro espanhol. Havia 50 tabletes de droga em cada mala, com um total de 1.200 tabletes de cocaína. Foram apreendidos a aeronave, celulares e documentos. As investigações continuam com a análise desse material.

O Povo
NOME

terça-feira, 3 de agosto de 2021

Morre filho mais novo da cantora paraibana Walkyria Santos


O filho mais novo da cantora paraibana Walkyria Santos morreu hoje. A causa da morte de Lucas, de 16 anos, ainda não foi informada.

O jovem Lucas Santos, foi encontrado morto na manhã desta terça-feira (03) no Condomínio Green Club 1, em Parnamirim no Rio Grande do Norte.
O filho mais novo da cantora paraibana Walkyria Santos. A causa da morte de Lucas, de 16 anos, ainda não foi informada.
Walkyria Santos é mãe de três filhos, sendo uma menina e dois meninos: Lucas e Bruno. Bruno, inclusive, cantou com a mãe no DVD da cantora.
Walkyria Santos ficou conhecida por sua trajetória na Banda Magníficos e atualmente está em carreira solo. Ela e a banda são naturais de Monteiro, no Cariri da Paraíba, embora a cantora agora esteja morando em Fortaleza.



NOME

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Pai matou filho após discussão sobre “comportamento familiar”



As investigações sobre a morte do profissional de informática Jerzley Guedes (foto de destaque), 32 anos, assassinado com um tiro no peito pelo próprio pai, Marcelo Machado Guedes, 50, apontam que o principal desfecho para o fim trágico foi uma discussão banal.A ocorrência foi registrada no apartamento de um prédio residencial, na QNN 12, em Ceilândia Sul, cidade satélite de Brasília no Distrito Federal por volta da 0h30.
Segundo o delegado-chefe da 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia centro), Antônio Dimitrov, responsável pela investigação, o que foi apurado até o momento é que Jerzley convidou o pai para tomar vinho em casa. Num determinado momento, eles iniciaram uma discussão banal em razão de comportamento familiar.
“Os ânimos se exaltaram. O filho tirou a arma do cofre, e a discussão continuou a se acirrar. Jerzley deixou a arma sobre uma mesa, a esposa dele saiu para pedir ajuda e ouviu o disparo. Quando voltou, o pai estava pedindo perdão para o filho”, explicou o investigador.
Marcelo matou o filho, e, depois de atirar, ficou ao lado do corpo, próximo a uma poça de sangue. De acordo com informações obtidas pela reportagem e que constam na ocorrência policial, o pai da vítima colocou a arma no chão assim que os PMs chegaram no endereço. Ele acabou preso em flagrante.
Ainda segundo a ocorrência, os militares do 8º Batalhão da PM (Ceilândia) que atenderam o chamado para averiguar disparo de arma de fogo relataram que, quando chegaram ao endereço, foram recebidos pelo porteiro do prédio, que indicou um apartamento do 4º andar como local do crime.
Quando os militares entraram no imóvel, encontraram a vítima recebendo massagem cardíaca, realizada por um vizinho. Testemunhas disseram que os disparos foram ouvidos após uma discussão na residência.
Tiro no peito na frente da nora
A esposa de Jerzley presenciou o crime. Segundo informações da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), a mulher será ouvida na 15ª DP ainda nesta quarta.
De acordo com Antônio Dimitrov, responsável pela investigação, após ser preso em flagrante, o pai da vítima foi levado para a unidade policial e permaneceu em silêncio.
O crime aconteceu no apartamento onde Jerzley morava com a esposa.
O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) tentou socorrer a vítima, mas o homem não resistiu aos ferimentos.

Metropolis

NOME

sexta-feira, 9 de julho de 2021

Jovem de 15 anos morre de infecção após colocar piercing em casa


Izabela Eduarda de Sousa fez a perfuração com uma agulha comum; a adolescente ficou oito dias internada e teve quatro paradas cardíacas.
Izabela Eduarda de Sousa morreu após colocar piercing em casa Foto: Arquivo pessoal 

Uma jovem de 15 anos morreu em consequência de uma infecção generalizada após ter colocado um piercing na sobrancelha. Izabela Eduarda de Sousa implantou o acessório de forma caseira, com a ajuda de uma amiga, em Engenheiro Caldas, município mineiro situado a 315 km de Belo Horizonte. 
A adolescente veio a óbito no último domingo, após ficar oito dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 
Ela chegou a ficar intubada e sofreu quatro paradas cardíacas. — Ela pediu dinheiro para o pai e para a mãe, mas os dois não deram e pediram para ela não colocar. 
Mas jovem às vezes é desobediente e ela resolveu colocar mesmo assim — conta a tia da adolescente, Jurciene de Sousa. 
Izabela colocou o piercing no dia 23 de junho. Três dias depois, em um sábado, o olho esquerdo da jovem começou a ficar inchado e apresentar irritação. — No domingo ela precisou ser medicada. Nós a levamos ao posto de saúde e o médico disse que a glicose dela estava alta. Ela era diabética, a gente nem sabia. Na segunda-feira ela piorou e foi levada para Governador Valadares pelo Samu — diz a tia. 
Izabela Eduarda de Sousa teve infecção generalizada após perfurar a sobrancelha em casa Foto: Arquivo pessoal 

Aplicação 
Izabela colocou o piercing com a ajuda de uma amiga, também adolescente. 
A aplicação foi feita na frente da casa da colega e na presença de outros jovens. — Ela comprou a agulha em uma farmácia da cidade. 
Na hora de furar ela não quis passar álcool porque iria arder. Então elas furaram sem ter feito isso. Mas a agulha era fina e a Izabela teve que comprar outra, mais grossa, para perfurar novamente. 
Eu não sei onde ela comprou o piercing — explica a tia. A adolescente vinha insistindo pelo acessório havia alguns dias, de acordo com Jurciene. 
Izabela pediu autorização para a mãe, que negou. A adolescente também ligou para o pai, que mora nos Estados Unidos, e fez a mesma demanda, mas ouviu resposta idêntica. — Eu fico triste demais, ela era tão linda, tão jovem e vaidosa. 
E fico com muita pena da amiga, que está abalada e não tem culpa. E mais ainda do meu irmão, que perdeu a filha sem ter conhecido a menina pessoalmente — desabafa Jurciene. 
O pai de Izabela mora nos Estados Unidos há 15 anos. Ele soube que a mãe da adolescente estava grávida quando chegou ao país, após ter entrado ilegalmente pelo México. 
Sem documentação até hoje, o pai jamais voltou ao Brasil e só conversava com a filha pela internet. O sonho de Izabela era se mudar para os EUA.

O Globo

NOME

quinta-feira, 8 de julho de 2021

Criança de 1 ano e 3 meses é morto depois de ser atacada por cães em depósito de gás


Menino e a mãe foram atacados pelos cães que ficam em um depósito de gás de cozinha, no mesmo terreno em que a família mora; a mãe sobreviveu, mas seu estado de saúde não foi divulgado.
Cães de um depósito de gás de cozinha atacaram e mataram uma criança de 1 ano e 3 meses em Rio Claro - Foto: Reprodução 

Uma criança de 1 ano e 3 meses morreu em Rio Claro, no interior de SP, após ser atacado por cães na noite de quarta-feira 7. 
A mãe do menino também ficou ferida. As informações são do G1 . A família mora nos fundos de um depósito de gás, onde ficam três cães da raça rottweiler em um pastor-alemão. 
Não se sabe qual ou quais deles realizaram os ataques. A Polícia Civil vai investigar se houve negligência. 
Segundo o Corpo de Bombeiros, vizinhos socorreram o menino e o levaram para o hospital da Unimed, já em estado gravíssimo. 
Ele não resistiu aos ferimentos. Já a mãe, que também foi ferida, não teve o estado de saúde informado. 
No Boletim de Ocorrência, a dona dos quatro cães de guarda diz que recebeu uma mensagem da mãe da criança pedindo socorro porque o filho mais novo teria sido atacado. A responsável pelo estabelecimento diz que viu o vídeo da câmera de segurança que registrou o momento que a mãe da criança saiu da casa em direção ao comércio. 
Neste momento, a filha mais velha teria colocado o irmão mais novo para fora de casa e fechado a porta, quando ocorreu o ataque. Segundo ela, os cães nunca tinham demonstrado agressividade com outras pessoas conhecidas.

NOME

Luciano Szafir, pai de Sasha, é intubado e está em estado grave: “médicos estão otimistas”


Ator de 52 anos foi transferido de hospital na tarde desta quinta-feira, 8, um dia após passar por cirurgia abdominal.
Luciano Szafir - Foto: Divulgação 

Luciano Szafir foi transferido de hospital na tarde desta quinta-feira, 8. O ator de 52 anos que estava internado com covid-19 no Hospital Samaritano, na Barra da Tijuca, na zona Oeste do Rio de Janeiro, foi encaminhado para Copa Star, na zona Sul da cidade, um dia após ter sido submetido a uma cirurgia abdominal. 
Beth Szafir, mãe do ator, falou ao R7, a respeito do quadro do filho. “Luciano já está no Copa Star e, dentro de um quadro grave, os médicos estão otimistas. 
A cirurgia foi bem feita e o quadro pulmonar dele está melhor do que era esperado. Agora é aguardar a evolução da medicação e resultado dos exames. 
Ainda nao há previsão pra nada, e ele permanece intubado. Obrigada a todos pelo carinho e preocupação”, disse a socialite, por meio de nota encaminhada ao portal. Na quarta-feira, 7, Szafir passou uma uma cirurgia de emergência de retirada de hematoma e segmento do cólon. 
O procedimento serviu para retirar um acúmulo de sangue na região que é uma parte do intestino grosso. Esta é a segunda vez que Luciano Szafir contrai a covid-19. Beth Szafir, mãe do ator, conversou recentemente com a reportagem e afirmou que o filho estava bem, e que o quadro era leve e sem gravidade. 
Ela contou ainda que a internação só foi necessária, porque os antibióticos que o filho vinha tomando em casa não estavam fazendo efeito. 
“O médico dele achou por bem aplicar o antibiótico venoso. E para dar antibiótico na veia, só hospitalizado, por isso, ele foi para o hospital”, explicou. Luciano Szafir acredita que tenha contraído a doença durante uma viagem a trabalho feita a Bahia. 
De volta ao Rio de Janeiro com sintomas, o pai de Sasha realizou o exame, que deu positivo, começando o tratamento em casa. No dia 22 de junho, com mal-estar, ele foi internado.

Agora RN

NOME

Mulher fica nervosa e capota carro de autoescola em prova final para tirar CNH em SC


Acidente aconteceu em Gaspar enquanto a futura motorista fazia a prova final para tirar a Carteira Nacional de Habilitação.

Uma futura motorista ficou nervosa durante a prova final para a Carteira Nacional de Habilitação e acabou capotando o carro que dirigia durante o teste.
O acidente ocorreu na tarde desta terça-feira (6) em Gaspar, no Vale do Itajaí em Santa Catarina. 
Conforme informações apuradas pelo portal ND+, a mulher, que tem cerca de 50 anos, fazia a prova de baliza no pátio da autoescola, na rua Pedro Evaldo Gaertner, bairro Coloninha. 
A mulher estava acompanhada apenas pelo delegado do Detran no momento do teste e, segundo as informações, ficou muito nervosa, pisou no acelerador e perdeu o controle do veículo.

NOME

segunda-feira, 28 de junho de 2021

Lázaro “descarregou” pistola em cima de policiais e tinha R$ 4,4 mil no bolso, diz secretário


Criminoso estava há 20 dias fugindo de uma força-tarefa com mais de 270 agentes. Aos 32 anos, ele tinha uma extensa ficha criminal, fugiu três vezes da prisão e era acusado de diversos crimes.

O secretário de Segurança Pública Rodney Miranda afirmou, na manhã desta segunda-feira 28, que Lázaro Barbosa descarregou uma pistola contra os policiais ao ser encontrado em Águas Lindas de Goiás, no entorno do DF. O criminoso foi morto depois de 20 dias fugindo de uma força-tarefa com mais de 270 agentes. 
Aos 32 anos, ele tinha uma extensa ficha criminal, fugiu três vezes da prisão e era acusado de diversos crimes. “Ele descarregou a pistola contra os policiais e não tivemos outra alternativa se não revidar”, afirmou Rodney. Em entrevista coletiva, o secretário afirmou ainda que Lázaro tinha R$ 4,4 mil no bolso quando foi encontrado pelos policiais. 
De acordo com Rodney, ele foi encontrado quando tentava contato com familiares que moram na região, a cerca de 5 km da casa onde morava a ex-sogra. 
“Ele foi se encontrar com elas [ex-mulher e ex-sogra]. Ele chegou a ameaçar os policiais falando que daria tiro na cara. 
Fizemos o cerco e, além da arma, ele tinha R$ 4,4 mil no bolso. Isso é mais uma prova que tinha gente com ele dificultando o nosso trabalho”, afirmou. 
Confronto 
O procurado foi atingido por vários tiros. Após ser baleado, ele foi levado por uma viatura do Corpo de Bombeiros para o Hospital Municipal Bom Jesus, mas morreu. 
Um vídeo mostra quando Lázaro chega na unidade de saúde. Por volta de 11h10 uma viatura do Instituto Médico Legal (IML) chegou aos fundos da unidade de saúde. 
O corpo dele deve ser levado para ser periciado em Goiânia. Apesar da troca de tiros, nenhum policial ficou ferido. 
Chefe da pasta detalhou ainda que o criminoso foi socorrido com vida, mas morreu chegando ao hospital. 
Durante a coletiva, Rodney Miranda contou sobre o cerco que terminou com o confronto. De acordo com ele, os policiais viraram a madrugada procurando o fugitivo, “até que hoje cedo finalizamos a ocorrência e com todos policias bem e o grande objetivo de não deixar ele machucar mais ninguém”, afirmou. 
Enquanto fugiu por esses dias, Lázaro invadiu ao menos 11 fazendas, baleou moradores, dois policiais militares e um oficial da Força Aérea Brasileira (FAB). 
Além disso, Lázaro fez uma família refém – o casal e uma adolescente de 16 anos. Durante o sequestro, as vítimas contaram que o criminoso exigiu que eles andassem em córrego para não deixar rastros. 
Imagens registraram quando a polícia encontrou os três. Drones, helicópteros, rádios comunicadores e até um caminhão que tem plataforma de observação elevada de vídeo monitoramento ajudavam na procura. As autoridades policiais informaram que ele tinha facilidade de se esconder por ser mateiro, caçador e conhecer bem a região.

G1

Fim da caçada: Lázaro troca tiros com policiais e acaba morto


Suspeito de chacina em Ceilândia, no DF, era procurado por uma força-tarefa policial desde 9 de junho. Aos 32 anos, ele tem extensa ficha criminal, fugiu três vezes da prisão e é acusado de diversos crimes desde 2007.

Após 20 dias de uma megaoperação, com mais de 270 policiais, Lázaro Barbosa, de 32 anos, foi preso após ser baleado nesta segunda-feira (28), em Goiás. Policiais comemoraram a prisão. Imagens mostram o fugitivo ferido. Ele chegou a ser colocado em uma ambulância, mas ele acabou morrendo.
Condenado por assassinatos e estupros, o fugitivo da Justiça era procurado por uma série de crimes na Bahia e em Goiás. Ele também é acusado da morte de quatro pessoas de uma família em Ceilândia, no Distrito Federal, e de um caseiro de uma fazenda no distrito de Girassol, em Goiás.
"Acabo de receber neste momento uma informação de todas as equipes que estão na região de Cocalzinho que o Lázaro foi preso", disse o governador Ronaldo Caiado.
"Como eu disse, era questão de tempo até que a nossa polícia, a mais preparada do País, capturasse o assassino Lázaro Barbosa. Parabéns para as nossas forças de segurança. Vocês são motivo de muito orgulho para a nossa gente! Goiás não é Disneylândia de bandido", completou o governador.
Lázaro é preso em Goiás — Foto: Henrique Ramos/TV Anhanguera
G1-GO

NOME

quarta-feira, 23 de junho de 2021

Homem é espancado após ser confundido com Lázaro


Testemunhas acionaram a Polícia Militar depois de confundirem o rapaz com o serial killer Lázaro Barbosa.

Um homem de 27 anos foi socorrido nas margens da BR-262, em Campo Grande, na tarde desta terça-feira (22), após ser sequestrado e espancado por quatro indivíduos encapuzados, segundo a vítima. Testemunhas acionaram a Polícia Militar depois de confundirem o rapaz com o serial killer Lázaro Barbosa. 
O homem contou aos policiais que foi sequestrado por volta do meio-dia, no Bairro Tiradentes, por quatro suspeitos encapuzados que obrigaram ele a entrar em um carro preto. 
Em seguida, a vítima foi levada para uma região de mata, onde teria sido espancada com pedaços de pau e abandonada. Com o rosto coberto de sangue, o rapaz foi avistado por motoristas que passavam às margens da rodovia, enquanto caminhava para pedir socorro. 
Mas teria sido justamente a semelhança com Lázaro que dificultou as coisas e fez a PM receber denúncias de que o serial killer estaria por aqui. 
Ao chegar no local, os policiais encontraram a vítima ferida e confirmaram a verdadeira identidade do rapaz. A vítima foi encaminhada a Santa Casa de Campo Grande. 
De acordo com informações do hospital, o rapaz deu entrada às 16h29, com déficit motor na mão direita, ferimentos no tórax e na região lateral da cabeça. Ele vai passar por exames de imagens e laboratoriais para avaliação do quadro médico.

Portal Tucumâ

NOME

sexta-feira, 4 de junho de 2021

Cantora que emocionou público do “Caldeirão” morre vítima de Covid-19


Silvania Maria de Jesus tinha 51 anos e morreu devido às complicações da Covid-19 em Praia Grande, no litoral paulista.

A cantora Silvania Maria de Jesus morreu, aos 51 anos, devido às complicações da Covid-19. Silvania ficou conhecida por encantar milhares pessoas por sua alegria e por emocionar o apresentador Luciano Huck durante uma participação no quadro ‘Lata Velha’ do programa Caldeirão do Huck. 
Em entrevista ao G1 nesta sexta-feira 4, a irmã dela, Luciana Cristina Jesus, de 47 anos, relatou que o momento é de muita dor para a família. Silvania deixa três filhos. Silvania já foi produtora, atuava como corretora de imóveis e, também, era cantora de uma banda chamada “Pink”, que levava esse nome porque era a cor predileta dela. 
Na época que participou do quadro ‘Lata Velha’, em 2012, a equipe do programa reformou seu Escort XR3 usando a cor rosa em todo o veículo, após ela interpretar Madonna no Caldeirão do Huck. 
Natural do Rio de Janeiro, ela morava há três anos em Praia Grande, no litoral paulista. “Ela já participou de diversos programas para se apresentar com a sua banda. Mas, quando participou do programa do Luciano Huck, se sentiu muito realizada e emocionada. Como prêmio, ela recebeu o carro reformado, ganhou R$ 20 mil e muitas outras coisas. 
O carro ficou rosa, que era a cor predileta dela. Tanto que a casa dela toda era pink”, conta a irmã. Luciana relata que a irmã começou a sentir os sintomas da Covid-19 dia 3 de maio. Ela testou positivo para a doença e dia 5 foi internada, sendo transferida poucos dias depois para Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde foi intubada. 
“Ela estava muito fraca. Apesar de todo o esforço dos médicos para salvá-la. O pior é que minha irmã não tinha nenhuma comorbidade, era saudável e ativa. Então ficamos dilacerados, porque não imaginávamos que isso iria acontecer. Sabíamos que a doença era agressiva, mas tínhamos esperança que ela se recuperaria. 
Estamos muito tristes”, lamenta a irmã. Segundo a irmã, Silvania era uma pessoa alegre. “Ela era alto astral, de bem com a vida, sempre estava sorrindo. Era muito trabalhadora e batalhadora. Tinha três filhos já formados. A frase dela era ‘1% de chance, 99% de fé’, ela acreditava muito que as coisas dariam certo”, relembra. 
De acordo com Luciana, a família teve que fazer um velório rápido, devido aos protocolos de prevenção à Covid-19, e manteve o caixão lacrado. “Não conseguimos nos despedir, foi horrível, uma sensação de impotência. 
Ela era ainda nova e cheia de sonhos. Mas, ela sempre foi minha inspiração, na garra, determinação, em não desistir dos seus sonhos, mesmo com dificuldades. Ela estava realizada com a família, tinha seu apartamento e um coração enorme. Com certeza nos deixa muitos ensinamentos e um grande legado”, finaliza a familiar.

G1
NOME

segunda-feira, 31 de maio de 2021

No mesmo dia, pai e duas filhas morrem de Covid-19


Após o anúncio das mortes, feito por familiares nas redes sociais, amigos e admiradores compartilharam homenagens emocionadas.

Uma família perdeu três pessoas para a Covid-19 em um período de poucas horas. Almeirindo Ribeiro Filho, de 85 anos, e de suas duas filhas, Maria do Socorro e Márcia Valéria, de 60 e 46 anos morreram em Macapá, capital do Amapá, na última sexta-feira 28. 
Valéria estava internada no Hospital Universitário de Macapá, e Almeirindo e Maria do Socorro em uma instituição de saúde particular da capital. 
A família era uma das mais tradicionais do estado. Após o anúncio das mortes, feito por familiares nas redes sociais, amigos e admiradores compartilharam homenagens emocionadas. Pai e filhas deixaram cônjuges, filhos, netos e admiradores. 
Márcia Valéria era enfermeira e também atuou como professora, assim como Maria do Socorro. A irmã, conhecida como Socorro Gatinho, atuou na área de Assistência Social e dedicou parte da vida à carreira na educação.

Metropolis



NOME

domingo, 9 de maio de 2021

Sem capacete, Bolsonaro e ‘Véio da Havan’ passeiam de moto e cometem infração gravíssima: “Adorei”


A multa é de R$ 293,47 sem multiplicador mais sete pontos, com suspensão do direito de pilotar, para quem não usar o capacete.
Luciano Hang, dono das lojas Havan, ganha "carona" em moto com presidente Jair Bolsonaro - ambos estavam sem capacete Imagem: Reprodução / Twitter 

O empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan e um dos principais apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), ganhou uma “carona” em moto com o chefe do Executivo nessa sexta-feira 7. 
Eles estiveram mais cedo na inauguração da ponte do Abunã, em Rondônia. “Adorei pegar uma carona com o presidente na inauguração da Ponte do Abunã!”, escreveu Hang, com uma gargalhada, nas redes sociais. 
“O Brasil já mudou”, completou o senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente (Republicanos-RJ), em seguida. 
Em outro vídeo, Bolsonaro também oferece carona ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. Nas duas imagens, Bolsonaro, Hang e Freitas aparecem sem o uso do capacete, exigência prevista no artigo 244 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro) tanto para condutores quanto aos passageiros de três tipos de veículos: motocicleta, motoneta e ciclomotor. A multa é de R$ 293,47 sem multiplicador mais sete pontos, com suspensão do direito de pilotar, para quem não usar o capacete. 
Bolsonaro esteve no local e subiu ao palanque ao lado de ministros, do ex-piloto de Fórmula 1 Nelson Piquet (apoiador do presidente), de autoridades locais, além do próprio Luciano Hang. 
Em discurso, o Bolsonaro voltou a se referir às Forças Armadas com pronomes possessivos: “meu Exército”, “minha Marinha” e “minha Aeronáutica”. 
Esse mesmo gesto já existia crítico nos últimos meses por simbolizar, de acordo com os seus opositores, um aceno ao autoritarismo. A ponte, construída sobre o Rio Madeira, vai interligar as capitais Rio Branco, no Acre, e Porto Velho, em Rondônia, conectando os acreanos à malha rodoviária federal na BR-364. Com 1.517 metros de extensão, a Ponte do Abunã é a segunda maior em água doce do Brasil. A obra começou em 2014, mas teve diversas paralisações. 
O investimento total foi de R $ 148 milhões. A rota também vai permitir uma conexão com uma BR-317, uma Transoceânica. A partir daí, será possível chegar até o Porto de Ilo, no litoral peruano, no oceano Pacífico.

UOL

NOME

quinta-feira, 6 de maio de 2021

‘Com os melhores recursos, ele não sobreviveu’, diz Tatá sobre Paulo Gustavo


O artista morreu aos 42 anos em decorrência de complicações da Covid-19 na terça.
Tatá e Paulo Gustavo - Foto: Reprodução 

Após a morte de Paulo Gustavo (1978-2021), Tatá Werneck pediu para que seus seguidores levem a pandemia a sério. A atriz ainda alertou que o humorista teve acesso a tratamentos que não estão disponíveis para toda a população. “Mesmo com os melhores recursos do mundo, ele não sobreviveu”, escreveu ela na manhã desta quinta (6). 
O artista morreu aos 42 anos em decorrência de complicações da Covid-19 na terça (4). “Quando eu acordo me dá uns minutos de esperança de que seja mentira. 
Depois dá um desespero. Um desespero!”, Desabafou Tatá. “Pelo amor de Deus! Olhem pro que aconteceu com Paulo! Mesmo com os melhores recursos do mundo ele não sobreviveu! Levem a sério! Parem de negar a realidade”, implorou a apresentadora do Lady Night. Durante os 53 dias em que Paulo esteve internado, Tatá pediu orações para o amigo nas redes sociais. Após a morte do ator, ela passou a compartilhar momentos especiais que viveu com ele em seus perfis na web. 
Confira a postagem da atriz:
Paulo Gustavo morreu na noite de terça (4) após seu quadro ter sido declarado como irreversível. 
O ator estava internado desde 13 de março em um hospital no Rio de Janeiro. Ele estava intubado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e apresentou um agravamento no estado de saúde em 2 de abril, quando precisou mudar o tratamento ao qual era submetido, passando a fazer terapia por oxigenação por membrana extracorpórea (Ecmo) com o objetivo de permitir uma melhor recuperação da função pulmonar. 
O artista tinha mais de 15 anos de carreira. Ele deixou o marido Thales Bretas , com quem havia se casado em 2015, os filhos Romeu e Gael , a irmã Ju Amaral, o pai Júlio Márcio Monteiro de Barros e a mãe Déa Lúcia Vieira Amaral, que inspirou a criação da personagem dona Hermínia .

Notícias da TV

NOME

Vinte e cinco pessoas morrem em operação no Rio, entre elas um policial civil


Dois passageiros ficaram feridos quando estavam na estação Triagem do Metrô, após um tiro atingir a janela de uma composição.
Estação Triagem do Metrô - Foto: Fabiano Rocha / Agência O Globo 

Vinte e cinco pessoas morreram, entre elas um policial civil, num intenso tiroteio durante uma operação da corporação na Favela do Jacarezinho, na Zona Norte do Rio, nesta quinta-feira. André Leonardo de Mello Frias, de 45 anos, era da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) e chegou a ser levado para o Hospital municipal Salgado Filho, no Méier, na Zona Norte. 
Outros dois agentes foram atingidos durante o confronto. Uma pessoa baleada no pé, quando estava dentro de casa, também atendimento no Salgado Filho. 
Dois passageiros chamados feridos na estação de Triagem do Metrô, após um disparo atingir uma janela de um trem. Até o início da tarde, as dez pessoas perdidas sido presas. 
O confronto na região já dura quase oito horas. Os passageiros feridos no trem são o militar da Marinha Rafael M. Silva, de 33 anos, e Humberto Gomes V. Duarte, de 20. Rafael foi levado para o Salgado Filho e deixado a unidade à revelia, segundo a Secretaria municipal de Saúde. 
Ele seguiu para um hospital da Marinha. Já Humberto foi levado para o Hospital municipal Souza Aguiar, no Centro. Seu estado de saúde é estável. De acordo com o MetrôRio, “dois clientes conhecidos feridos após o vidro de uma das composições ser atingido por projétil vindo da área externa, na altura da estação de Triagem. 
Uma pessoa foi ferida por estilhaços de vidro e outra atingida de raspão no braço” . A concessionária informa que os dois foram imediatamente atendidos. Em razão do episódio, uma operação da Linha 2 chegou a ser interrompida, mas, segundo o MetrôRio, “já foi normalizada, e o serviço na estação e nos trens funciona normalmente”. 
Por causa do tiroteio, a circulação de trens do ramal de Belford Roxo ocorreu apenas entre as estações Del Castilho e Belford Roxo. No ramal de Saracuruna, como composições transitaram entre Bonsucesso e Gramacho e no trecho entre Gramacho e Saracuruna. 
A situação foi normalizada às 10h. 
Ação contra traficantes que aliciam crianças e sequestram trens 
A operação da Polícia Civil no Jacarezinho teve como alvo uma organização criminosa que atua na comunidade e que seria responsável por homicídios, roubos, sequestros de trens da SuperVia e o aliciamento de crianças para atuarem no tráfico local. 
A ação foi chamada de Exceptis e é coordenada pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). De acordo com a investigação, entre dezembro de 2020 e abril de 2021, os criminosos do Jacarezinho sequestraram trens da SuperVia, numa forma de atuação que é semelhante às empregadas por grupos terroristas, destaca a polícia. 
A apuração da DPCA indica ainda que os traficantes expulsam os moradores de suas casas, e alguns estão sendo mortos. Os corpos sumido. A investigação começou a partir de notícias recebidas pela unidade policial que levou à identificação – após a quebra dos dados telemáticos autorizados pela Justiça – de 21 integrantes do grupo criminoso. Todos eles, de acordo com a polícia, responsáveis ​​por garantir o domínio territorial da região com o uso de armas. 
A DPCA identificou que há, no Jacarezinho, uma estrutura típica de guerra, com centenas de “soldados” armados com fuzis, pistolas, granadas, coletes balísticos, roupas camufladas e outros acessórios militares. 
Segundo a delegacia, uma favela é considerada um dos quartéis-generais da maior facção criminosa do estado. 
Segundo a Polícia Civil, na casa onde pelo menos oito suspeitos estavam, e que foram mortos, era o local onde as crianças cooptadas pelo tráfico eram treinadas para usarem pistolas e fuzis para atuarem no Jacarezinho. 
Os investigadores afirmaram que, quando eles chegaram à residência, foram atacados e revidaram. A polícia destacou ainda que há dificuldade de agir no Jacarezinho por causa das barricadas instaladas por traficantes e das táticas de guerrilha usadas pela quadrilha. 
Paes: ‘Dificuldades que a gente tem
O prefeito do Rio, Eduardo Paes, comentou a situação do Jacarezinho durante o evento de lançamento do Conselho da Cidade, na manhã desta quinta-feira. Ele chamou as cenas veiculadas pela TV de “transmissão ao vivo dantesca”. Se referiu ao episódio como “o crime reagindo”, e mencionou “dificuldades que a gente tem nesse sistema”.

O Globo

Namorada é presa após matar PRF com tiro na cabeça durante “brincadeira”


Segundo a Polícia, a mulher confessou ter apertado o gatilho, mas alegou que não sabia que a arma estava municiada.

A namorada do policial rodoviário federal Igor de Aquino, de 41 anos, morto com um tiro na cabeça, confessou que fez o disparo, mas alegou a Polícia Civil que não sabia que a arma estava municiada. 
Ela foi presa pelo crime de homicídio qualificado por assumir o risco de matar. O incidente aconteceu na madrugada de terça-feira (4/5), em Anápolis, a cerca de 55 km de Goiânia. 
À polícia, a enfermeira de 29 anos disse que o casal participava de uma brincadeira, comum para eles, que consistia em atirar contra o outro com a arma sem munição ou travada. 
“Eles foram novamente fazer esse tipo de brincadeira. Segundo ela, não sabia que estava municiada e acabou baleando o namorado e o levando a óbito”, disse o delegado responsável pelo caso, Wllysses Valentim, ao G1. 
De acordo com o delegado, o laudo cadavérico também será analisado, além do resultado das perícias realizadas no local do crime para finalizar o caso. 
“A gente vai concluir em dez dias com o que a gente tiver, mas vai solicitar a dilação de prazo para robustecer o inquérito através de oitivas de parentes, amigos, colegas de trabalho e todas as pessoas que circundavam o relacionamento”, completou. 
O caso 
Igor foi atingido com um tiro, supostamente acidental, na testa. A PM foi acionada por volta de 21h40. Tão logo chegaram ao apartamento de Igor, localizado num condomínio na Rua Floriano Peixoto, no centro da cidade, os militares encontraram a namorada do policial no corredor da residência. 
Já o corpo da vítima estava caído no chão da sala. A mulher explicou aos PMs que o casal costumava fazer brincadeiras com a pistola. 
A arma utilizada tinha a marca da PRF e estava jogada em um sofá. Pontuou ainda que, na última brincadeira, Igor teria dito que havia removido as munições da arma e pedido para que ela apertasse o gatilho. 
A mulher, então, efetuou o disparo. Ao perceber que o namorado foi atingido, começou a gritar e chorar. 
Vizinhos relataram à polícia que se assustaram com o som do disparo e confirmaram não houve briga, apenas que ouviram a mulher chorando. 
A namorada ainda informou que tentou socorrer Igor, mas que ele já não apresentava sinais vitais e esperou a chegada da Polícia Militar. 
Lamento 
Por meio de nota, a Polícia Rodoviária Federal lamentou o falecimento do agente. Segundo a PRF, Igor de Aquino ingressou na instituição no ano de 2005, tendo passado pelas unidades de Jataí e Rio Verde. Atualmente, estava lotado na delegacia de Goiânia. De acordo com a corporação, Igor estava de folga no momento da tragédia. “As circunstâncias estão sendo apuradas pela Polícia Civil de Anápolis e acompanhadas pela PRF”, informou a instituição.

NOME

quarta-feira, 5 de maio de 2021

Mulher que achava estar grávida de 7 dá à luz 9 bebês


A mãe e todos os bebês (cinco meninas e quatro meninos) passam bem, segundo a imprensa internacional.
Mãe deu à luz 9 bebês no Marrocos, segundo a imprensa local (Foto: Reprodução/Facebook/Africa 24 Matin)

Uma mulher que achava estar grávida de sete bebês descobriu, no momento do parto, que na verdade daria à luz nove filhos. De acordo com reportagem do Daily Mail, Arby Halima Cissé pode ter quebrado o recorde mundial de múltiplos nascimentos, depois que os exames de ultrassom deixaram passar dois bebês.
Durante a gestação, a mãe precisou ser transferida de Mali (seu país natal) para Marrocos, para garantir um parto mais seguro para ela e os bebês - mesmo quando acreditava-se se tratar de uma gestação de sete crianças. Após passar por uma cesariana, Arby e seus nove recém-nascidos (cinco meninas e quatro meninos) passam bem e devem voltar para casa dentro de algumas semanas, ainda segundo o Daily Mail.
Antes do parto, os médicos teriam dito para a mãe que havia menos de 50% de chance de que um único bebê sobrevivesse, informou o site de notícias local Mali 24.
Não há informações esclarecendo se a gravidez foi natural ou fruto de um tratamento de fertilização, que é uma das causas mais comuns de nascimentos múltiplos. O tempo de gestação no momento do parto e o peso com que nasceram os bebês também não foram divulgados.

Revista Crescer

NOME

terça-feira, 4 de maio de 2021

TRAGÉDIA: Criminoso invade escola infantil com uma faca e mata crianças e uma professora em SC


Ataque ocorreu na Escola Infantil Pró-Infância Aquarela Jornal e TV A Sua Voz / Divulgação

Um jovem invadiu uma escola na manhã desta terça-feira (4) no município de Saudades, no oeste catarinense, e matou ao menos cinco pessoas: três crianças de menos de dois anos, uma professora e uma auxiliar da escola. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, o suspeito teria entrado com um facão na Escola Infantil Pró-Infância Aquarela e cometido o ataque. O delegado Jeronimo Marçal Ferreira, de Pinhalzinho, disse que duas crianças e a professora morreram no local. As demais vítimas chegaram a ser socorridas ao hospital e não resistiram. Uma das crianças feridas segue em atendimento médico.

Polícia Civil e perícia estão na escola coletando informações. A partir daí, serão levantadas as testemunhas para prestarem depoimento.

— Estamos buscando informações para o que tenha motivado esse crime. Ainda não foi possível conversar com o autor, ele está hospitalizado. Muitas informações ainda são preliminares — afirma o delegado regional de Chapecó, Ricardo Nilton Casagrande, que está em deslocamento para Saudades.

Após o ataque, segundo o delegado, o suspeito teria deixado o local caminhando, quando foi abordado por pessoas que estavam próximas a escola. Nesse momento teria tentado contra a própria vida.  

— O que sabemos é que ele entrou (na creche) e começou a agredir todo mundo. Não temos dados concretos e estamos tentando fazer uma análise da situação — afirma o assessor jurídico do município, Luis Fernando Kreutz.

GZH

NOME

sexta-feira, 30 de abril de 2021

Algemado, preso pega arma de escrivão durante depoimento e mata agente dentro de delegacia em Tauá, no Ceará



Um homem preso por suspeita de tráfico pegou a arma do escrivão Aloísio Alves Lima, 60anos, e matou o agente durante um depoimento na Delegacia Regional de Tauá, no interior do Ceará, na madrugada desta sexta-feira (30). O crime aconteceu por volta das 2h.
Conforme o delegado Danilo Távora, titular da Delegacia Regional de Tauá, Antônio Josivan Lopes Silva, 30 anos, suspeito de atirar contra o agente, chegou à delegacia após ser capturado na cidade de Pedra Branca, em uma ocorrência de tráfico de drogas. Na ocasião, outro homem também foi preso.
Quando os dois detidos estavam na sala do escrivão, Antônio Josivan, mesmo algemado, conseguiu pegar a arma do policial civil e atirou contra ele. Aloísio Alves foi atingido com um tiro na nuca. "Não temos como precisar em que momento ele teve acesso à arma, pois os suspeitos estavam sozinho com o escrivão dentro da sala", disse o delegado.
Houve troca de tiros entre o suspeito e outros policiais na delegacia, segundo o delegado Danilo. Josivan coseguiu fugir e o outro homem que estava com ele foi recapturado.
Uma ambulância do Samu foi acionada para socorrer Aloísio Alves, mas o agente já chegou ao hospital sem vida.
Equipes do Comando Tático Rural (Cotar) da Polícia Militar e da Polícia Civil realizam buscas na região para tentar capturar o suspeito.
Nota de pesar
O Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Ceará (Sinpol/CE) divulgou na manhã desta sexta-feira (30) uma nota de pesar pela morte do escrivão Aloísio Alves Lima Amorim, 60 anos.
Conforme o Sinpol, Aloísio estava lotado em Tauá, mas já trabalhou no município do Crato. Seguno o Sindicato, o agente " era conhecido pela simpatia e gentileza com todos".
"Nossos sinceros sentimentos à família enlutada e a todos os irmãos Policiais Civis, que Deus conforte a todos", diz um trecho da nota.
G1-CE
NOME

segunda-feira, 19 de abril de 2021

Conselho Nacional de Justiça quer saber por que homem ficou quase 16 anos preso sem processo criminal no Ceará



O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) encaminhou neste domingo (18) pedido de informações ao Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE) para que se pronuncie sobre o caso do jardineiro Cícero José de Melo, que passou quase 16 anos em uma unidade prisional do estado apesar de não responder a nenhum processo criminal. A justiça cearense tem 72 horas para responder ao Conselho.
Preso por suspeita de tentativa de homicídio, o jardineiro Cícero de Melo ficou quase 16 anos preso na Penitenciária Industrial Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, interior do Ceará, sem que nenhum processo tenha sido aberto contra ele. Este mês, um advogado resolveu buscar informações sobre o caso e, no dia seguinte, Cícero foi colocado em liberdade. O jardineiro é pai de cinco filhos. 
Para o CNJ, o episódio revela a necessidade de constante vigilância para que os direitos das pessoas sob custódia do Estado sejam cumpridos. “Buscamos aperfeiçoar as políticas para que situações como essa não aconteçam. O Brasil é tributário de uma série de compromissos por força da ratificação de tratados internacionais de direitos humanos e, se for comprovada, essa é uma falha gravíssima que pode inclusive acarretar a censura externa do país”.
O Conselho Nacional de Justiça formulou outros pedidos ào Tribunal de Justiça do Ceará e entre eles está a lista completa com nome, data da prisão e motivo do encarceramento de todos os presos daquele estado, onde já foram encontradas — em avaliações anteriores — situações de violência institucional.

Conjur



Policiais militares da VTR Abolições, comandada pelo sargento Lopes, prenderam na madrugada desta segunda feira 19 de abril de 2021, o ex-pastor evangélico, David Daniel Fonseca Baumont, 31 anos de idade, natural de Iracema no estado do Ceará suspeito de furtar um caminhão pipa no Conjunto Resistência na zona Oeste de Mossoró, no Rio Grande do Norte.
Segundo o sargento Lopes, o caminhão estava estacionado na frente da casa de seu proprietário, com a chave na ignição, quando o suspeito entrou no veículo, deu partida e seguiu viagem. A equipe de policiais foi acionada pelo CIOSP e antes mesmo de chegar na Avenida São Jerônimo no Conjunto Santa Delmira, ele foi abordado e preso.
David, que segundo a polícia já foi pastor evangélico e hoje encontra-se desviado das doutrinas da igreja, foi conduzido à Delegacia de Plantão da Polícia Civil, onde foi autuado por crime de furto (artigo 155) e como ele já responde a um procedimento na justiça, não teve direito a fiança, sendo o mesmo encaminhado ao sistema prisional onde ficará a disposição da justiça. O caminhão foi devolvido ao seu proprietário.

Fim da Linha
NOME

 
Se inscreva no canal TV Passando na Hora no Youtube.
Inscreva-se