NOME NOME

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Mulher grávida é assassinada por companheiro pelo fim do casamento



Segundo o acusado, o casal estaria brigando pelo processo de separação quando o crime aconteceu.
Ela, ainda com vida, juntamente com o suspeito afirmaram que tinham sofrido uma tentativa de roubo e por isso estavam feridos (Foto: Reprodução/R7)
Joas João da Silva, 34 anos, suspeito de balear e matar esposa grávida de cinco meses foi preso na tarde desta quinta-feira (28) em Santa Isabel, em São Paulo. O crime ocorreu durante a madrugada.
A Polícia Militar foi chamada para atender a ocorrência de um acidente, na estrada do Monge Negro, quando encontrou Karina Rodrigues Santos, 28 anos, com o abdômen rompido. Ela, ainda com vida, juntamente com o suspeito afirmaram que tinham sofrido uma tentativa de roubo e por isso estavam feridos.
Os agentes, desconfiados pelo homem não passar nenhuma informação física sobre os assaltantes, foram até o local em que o casal trabalhava para buscar documentos e encontraram a residência toda bagunça. Os PM’s foram em direção a casa-sede e se depararam com muito sangue entre a cozinha e a copa.  Além disso, marcas que indicavam disparo de arma e uma munição de calibre 12 foram encontradas na parede e na porta. Pedaços de madeira também foram encontrados e a Polícia acredita que seja da coronha de uma espingarda, que foi danificada para ser escondida.
O suspeito, em sua primeira versão, afirmou que escutou barulho de disparos e encontrou a mulher já caída no chão, mas ao chegar na delegacia Silva assumiu o crime e contou que o casal estava em um processo de separação. Segundo ele, a mulher estava com a arma e ao tentar tirar o objeto da mão de Karina, ele atirou. O suspeito contou que era usuário de drogas e, de acordo com a Polícia, ele exalava odor etílico. O homem já respondia um processo por ter machucado e ameaçado matar a esposa em 2015. Agora ele aguarda decisão da Justiça. Assista à reportagem:


Do R7

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog