NOME NOME NOME

segunda-feira, 5 de março de 2018

Empresário é morto com golpes de caco de vidro em motel



Casal deu entrada no estabelecimento por volta de 17h de domingo e, poucos minutos depois, se desentendeu. Namorada foi socorrida em estado grave.
Fachada do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), onde namorada de empresário morto em motel está internada (Foto: TV Anhanguera/Reprodução)
Um empresário de 44 anos que morreu dentro de um quarto de motel do Setor Jardim Helvécia, em Aparecida de Goiânia, na noite deste domingo (4), tinha histórico de agressões contra a namorada, segundo informações preliminares da Polícia Civil. Ainda de acordo com a investigação, o casal deu entrada no estabelecimento por volta de 17h e, poucos minutos depois, se desentendeu. A namorada foi socorrida em estado grave.
Titular do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), o delegado Klayter Camilo Resende explicou que o homem sofreu perfurações no pescoço. “As perfurações foram provocadas por cacos de vidro compatíveis com garrafas que estavam no local”, disse ao G1.
O empresário foi identificado como Jean Carlos Lopes. O corpo dele foi liberado do Instituto Médico Legal (IML) por volta de 2h. O velório ocorre, na manhã desta segunda-feira (5), na Igreja Assembleia de Deus, na Vila Boa, em Goiânia. O enterro deve acontecer no Parque Memorial, ainda sem horário definido.
A namorada dele foi identificada como Pollyana Cristine Carvalho, de 32 anos. De acordo com o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), ela segue em estado grave. A unidade de saúde disse não poder informar, por causa do sigilo médico, por quais procedimentos ela passou e quais ferimentos sofreu.
“Paciente sedada, respira com o auxílio de aparelhos e está internada em um leito da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Até o momento, não há previsão de alta médica da UTI”, diz a nota.
Ao G1, uma funcionária do motel informou que apenas a suíte onde ocorreu o crime estava interditada nesta segunda-feira. O estabelecimento tem câmeras de segurança do lado de fora e no hall que dá acesso às suítes. A mulher disse que não pode passar as imagens e que não sabe se a polícia já as requereu.
Motel onde empresário de 44 anos foi encontrado morto, em Aparecida de Goiânia, com perfurações no pescoço (Foto: Sílvio Túlio/Reprodução)
Relacionamento
Amigos, que preferiram não se identificar, revelaram que Jean participou de uma festa de aniversário em um bar pouco antes de ir para o motel. "Ele ficou aqui com a gente até umas 16h. Aí ela [namorada] chegou em de carro [um Toyota Etios prata], ele entrou e eles foram embora", disse um dos participantes da confraternização ao G1.
O relacionamento tinha cerca de um ano. Jean era apontado como uma pessoa tranquila e muito reservada em relação à sua vida particular. A maioria dos amigos tinha poucas informações sobre a atual namorada.
"Ela não entrosava muito com a gente. Eram só ela é ele. A gente não tinha muito contato", disse outro amigo.
No velório do empresário, a família, muito abalada, não quis falar com a imprensa. Filho único, Jean administrava um pizzaria na Vila Boa, bairro onde vivia desde pequeno. O estabelecimento, que está com as portas fechadas em sinal de luto, pertence a um tio, muito ligado ao empresário e que viajou de férias para os EUA na última quinta-feira.

G1

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog