NOME NOME

sábado, 12 de maio de 2018

Enfermeira do SAMU é assassinada e filho é preso suspeito do crime



Foto/Reprodução
Um enfermeira identificada apenas como Priscila, de 38 anos, foi assassinada dentro da própria casa em Peruíbe, litoral de São Paulo. A vítima era responsável técnica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).  O crime ocorreu na quinta-feira (10).
O filho da vítima, de apenas 18 anos, chegou ao local quando a polícia estava colhendo provas e, ao se contrariar ao ser perguntado pelos policiais, acabou sendo levado preso. A Polícia Militar informou que o rapaz é usuário de drogas. 
De acordo com a Polícia Civil, o marido da vítima saiu de casa pela manhã para trabalhar e deixou Priscila e seu enteado dormindo. Ao retornar para a residência, por volta do meio-dia, ele chamou pela esposa, que não respondeu. Após procurá-la no quarto do casal, escutou o barulho do chuveiro ligado no banheiro do piso inferior, onde encontrou a enfermeira inconsciente e caída no chão do box. 
Um líquido vermelho foi achado no chão do banheiro, que aparentava ser sangue. Além disso, os móveis da casa estavam desarrumados.  
Testemunhas ouvidas pela polícia disseram que Priscila já havia relatado que estava enfrentando problemas com o filho. O corpo da enfermeira foi levado para o IML de Praia Grande, para realização de perícia. O laudo ainda não foi divulgado. 

Com informações do G1

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog