NOME NOME NOME

domingo, 20 de maio de 2018

Passional:Cantor é executado durante apresentação em palco.“Ex” da namorada é suspeito



Para a polícia, a suspeita é de crime passional, pois o autor dos disparos pode ter sido o ex-marido da companheira de Maylson, que não aceitava o novo relacionamento.
VILHENA, RO - O cantor vilhenense Maylson Campos Lucas Arruda, de 28 anos, foi morto a tiros nesta madrugada de domingo, 20, quando se apresentava no palco do antigo Selva Ranch, hoje Forró do Sítio, localizado na Rua 5203 – área rural de Vilhena.
De acordo com o boletim de ocorrência, a polícia foi chamada para atender um caso de disparo de arma de fogo no local citado, quando chegaram, encontraram a vítima caída em cima do palco toda ensanguentada.
O cantor foi atingido por vários tiros de arma de fogo, inclusive na cabeça. O Corpo de Bombeiros chegou rapidamente, mas Maylson já estava morto.
A polícia apurou que o autor do assassinato adentrou o recinto trajando uma jaqueta de cor preta, capacete preto e com arma de fogo na mão, tipo revolver.
O assassino se aproximou e efetuou vários disparos, sendo que Maylson ainda tentou se esconder debaixo do palco. Porém o homicida efetuou mais um disparo contra a vítima, em seguida saiu correndo para o portão da chácara, onde um comparsa deu fuga numa motocicleta, no qual testemunhas não souberam relatar marca e modelo.
A polícia localizou Solange Souza Dias, namorada da vítima, onde relatou que eles estavam juntos há aproximadamente um mês e estavam na Casa de Shows onde ele participava como vocalista. A testemunha também informou, que no local tinha visto seu ex-marido Josiel da Costa Rodrigues e que ele não aceita a separação.
Segundo Solange, o ex, já havia feito várias ameaças contra ela, onde dizia “para que ela não ficasse com ninguém, se não ele mataria”. Contudo, em outra ocasião, motivado por ciúmes, Josiel já havia tentado contra a vida de outra pessoa.
Solange disse à polícia que Josiel sabia que ela e Maylson estavam juntos, tendo ela certeza que seria ele o autor do homicídio. Entretanto, não soube informar o endereço do suposto assassino. Maylson foi morto com três disparos, sendo um na cabeça, um nas costas e um na nádega.

Rondnoticias

comentário(s) pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog