NOME NOME

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Jogador de sinuca é morto após policia confundir grupo como sendo bandidos no Ceará



Um dos quatro ocupantes de um veículo tipo Corola de cor branca, placas QFW- João Pessoa Paraíba, morreu por volta das 02hs.30min da madrugada desta quarta feira, 02 de julho de 2.018, na CE 371 na saída de Campos Sales no estado do Ceará.
O carro foi alvejado a tiros efetuados por policiais militares, quando José Messias Guedes Oliveira, de 35 anos de idade, que residia na Rua Professora Cristina Lima, no bairro Salgadinho em Patos na Paraíba, foi atingido por um disparo nas costas, e morreu no local.
O colega dele de viagem, Josean Leite de Oliveira, de 38 anos de idade, foi lesionado de raspão, e outros dois identificados como Wendel e Gutiele, escaparam ilesos.
Os quatro são paraibanos, e viajavam para São Luiz no Maranhão, para participarem de um torneio de sinuca. Eles tinham parado para se alimentarem em um posto de combustível, quando um frentista teria visto tacos de sinuca, no banco traseiro do carro, e os confundiu com armas de fogo.
A Polícia Militar foi acionada, e chegando ao posto, os jogadores haviam acabado de sair. A polícia saiu a procura do veículo indicado, temendo que os ocupantes iriam assaltar um banco.
Segundo a polícia, o motorista do Corola teria furado o bloqueio, e na perseguição, terminaram atirando no carro, causado a morte de Messias, e ferindo Josean.
A polícia tomou conhecimento que os ocupantes eram profissionais e campeões de sinuca, e que o clima e de revolta por parte de familiares, parentes, colegas, admiradores do esporte, na cidade de Patos.

Miséria

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog