NOME NOME

domingo, 18 de novembro de 2018

Empresário mata médica e a filha a golpes de faca após discussão por ciúmes e depois se mata em MG



A menina de apenas 4 anos foi a primeira a ser atingida. Ela foi socorrida, mas não resistiu.
Uma família foi devastada por um crime brutal na madrugada deste sábado (17/11), em Araguari (MG). O empresário Thiago José Aquino, de 39 anos, matou a facadas a esposa, Mariana Paranhos (33) e a filha do casal, de apenas 4 anos.
Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o homem foi até o hospital em que Mariana estava de plantão, e eles iniciaram uma discussão. A médica teria conseguido sair de dentro do veículo do marido e saiu correndo, enquanto gritava desesperada por socorro. Aquino perseguiu e tentou atropelar a vítima, até que perdeu o controle do carro e bateu num muro.
Após o incidente, ele alcançou Mariana e a esfaqueou. Foram 12 golpes com uma faca de 20 cm.
Segundo o relato de testemunhas, Thiago gritava bastante e desferiu facadas no próprio abdômen. Um morador chamou a PM, mas quando os militares chegaram a médica já estava sem vida na varanda de uma casa.
Pai e filha ainda foram socorridos, mas faleceram ao chegar na unidade de saúde. O crime é investigado pela Polícia Civil mineira. Uma testemunha afirmou ao jornal O Tempo que uma crise de ciúmes causou o ataque de fúria no empresário. Colegas da médica afirmaram que Thiago tinha histórico de depressão.

Metropolis
<

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog