NOME NOME

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Polícia Civil da Bahia prende em flagrante mãe que matou o próprio filho de apenas 3 meses porque bebê "chorava demais"



Graciane Almeida Silva (30 anos) disse às equipes que fizeram os atendimentos na UPA e no SAMU que seu filho havia passado mal.
Em 27/11/18, por volta das 20h, a Delegacia de Homicídios foi informada por um funcionário da UPA de Vitória da Conquista sobre a morte de A.F.A., 03 meses de idade, o qual deu entrada já sem vida na unidade, após o SAMU ser acionado por sua genitora Graciane Almeida Silva (30 anos). Graciane disse às equipes que fizeram os atendimentos na UPA e no SAMU que seu filho havia passado mal e falecido em casa. A mesma versão foi apresentada aos seus familiares e, inicialmente, à Polícia Civil.
Contudo, como a DH realizou continuamente várias diligências, desde ontem à noite, para investigar a conduta de Graciane enquanto mãe, apurando que esta apresentava comportamento agressivo com seus filhos , e, principalmente, diante da constatação do laudo de necropsia que apontou traumatismo crânio encefálico como a causa da morte de A.F.A.
 Graciane terminou confessando que desferiu um tapa no rosto do seu filho porque este estaria chorando demais. É importante ressaltar que Graciane também confessou ter sido a responsável pela fratura no fêmur do mesmo filho, ocorrida no dia 12 deste mês, e que teria agido assim pelos mesmos motivos que a levaram a assassiná-lo na data de ontem.

DH/VCA


<

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog