NOME NOME

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Escrivão da PF baleado na cabeça em assalto está em coma induzido



Cirurgia para retirada de projétil foi feita em Campina Grande. Policial federal foi abordado por dois homens em São José do Egito.
Fernando Antônio de Souza, escrivão da PF, foi socorrido para Campina Grande. Foto: Internet/Reprodução
Uma cirurgia realizada na madrugada desta terça-feira (25) no Hospital de Trauma de Campina Grande conseguiu retirar o projétil alojado na cabeça do escrivão da Polícia Federal Fernando Antônio de Souza, 59 anos, baleado em uma tentativa de assalto em São José do Egito, por volta das 20h da segunda-feira (24). Ele encontra-se em coma induzido.
Lotado no Recife, Fernando estava na casa de um cunhado na cidade do Sertão de Pernambuco quando saiu no carro da filha para dar carona a uma faxineira. Dois homens em uma moto abordaram o veículo no bairro de São João, perto do Clube Hotel. A suspeita é de que ele tenha sido baleado depois que os bandidos descobriram que ele é policial federal.
Depois de terem abordado Fernando e a faxineira, um dos assaltantes seguiu dirigindo o carro com os reféns no banco de trás até a localidade de Riacho do Meio. Um dos criminosos levou Fernando no carro e a faxineira no banco de trás e o outro seguiu de moto. Lá, eles pegaram a aliança e carteira do escrivão. Foi então que ocorreu o disparo.
Ferido, o policial federal foi levado de ambulância, já entubado, do Hospital Maria Rafael de Siqueira, em São José do Egito, para Campina Grande, na Paraíba. Ele chegou no Hospital de Trauma por volta de 1h desta terça-feira, segundo o diretor geral da unidade, Geraldo Medeiros, que confirmou que, mesmo com a bem-sucedida para a retirada da bala, o quadro é considerado grave. A faxineira foi ouvida nesta terça-feira na Delegacia de Afogados da Ingazeira.
Nascido em São José do Egito, casado com uma egipciense e pai duas filhas (uma estudante de medicina e uma advogada), Fernando é conhecido como “Fernando de Seu Dodô”. Mesmo morando no Recife, mantém seus laços com a terra natal e região. Em outubro, ele atuou na equipe que investigou a denúncia de compra de votos na 98ª Zona Eleitoral, que engloba os municípios de Carnaíba e Quixaba.
Rita Passos, uma cunhada de Fernando, escreveu sobre a situação de Fernando nas redes sociais: “Fernando, meu cunhado, encontra-se em Campina Grande, no Hospital do Trauma, na recuperação pós-anestésica. Logo, estará na UTI. A cirurgia foi pela madrugada. O projétil foi retirado e estamos aguardando em Deus, que ele reaja! Peço, em nome de minha irmã Mizita e de todos nós, orações pela sua plena recuperação! Deus há de nos atender nessa hora de desespero e angústia!”.

OP9
<

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog