NOME NOME

sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

Falso médium natural do RN é preso após aplicar golpe de R$ 284 mil em Belo Horizonte



Reprodução / RecordTV Minas
Um homem, de 55 anos identificado como Djalma da Silva, foi preso na manhã desta quinta-feira (27), em Belo Horizonte, suspeito de se passar por médium para aplicar golpes na capital mineira. O falso religioso fazia até truques de mágica e se oferecia para benzer o dinheiro das vítimas.
Uma mala com R$ 250 mil foi encontrada com o suspeito. Ele usava vários nomes, entre eles “Mestre Antônio”,natural de Goianinha, no Rio Grande do Norte, dizia ser médium para atrair as vítimas para o 13º andar de um prédio na capital mineira.
Uma mulher de 71 anos desconfiou que havia caído em um golpe e chamou a polícia. A professora aposentada estava com problemas de saúde na família. O falso médium disse que para resolver a questão precisaria fazer a purificação do dinheiro dela.
Segundo a Polícia, para convencer a vítima, o golpista usava um truque de mágica. O suspeito ainda apresentava montagens com fotos de religiosos e chegou a levar a vítima até uma instituição de caridade.
Ainda segundo a Polícia Civil, a mulher fez diversos saques na boca do caixa para entregar o dinheiro ao suspeito. O maior deles no valor de R$ 49 mil. A movimentação chamou atenção do banco.
No total, a aposentada pagou R$ 284 mil ao falso médium. O dinheiro que a policia recuperou na casa do suspeito foi devolvido à vitima Ele foi preso em flagrante pelos crimes de estelionato, uso de documento falso e corrupção ativa porque tentou subornar os policias.
Outras vítimas
Segundo as investigações, foram identificadas até agora sete vítimas desde 2012. O falso médium tinha carteira da Associação de Mágicos de São Paulo e confessou para a polícia que sempre atuou como estelionatário. Um mandado de prisão em aberto pelo mesmo crime havia sido expedido contra ele, em 2016. O falso médium não agiria sozinho. De acordo com a polícia, outros suspeitos foram identificados e são procurados. A reportagem não localizou a defesa do detido.
A Polícia Civil de Belo Horizonte prendeu um homem suspeito de se passar por médium para aplicar golpes financeiros na capital. Ele usava intermediários para atrair as vítimas a uma sala comercial, no centro de Belo Horizonte. Durante os atendimentos, o homem conquistava a confiança das vítimas para depois oferecer ‘tratamento espiritual’. Na delegacia, o homem tentou subornar os policiais oferecendo R$ 20 mil reais. Ele foi preso em flagrante pelo crime de corrupção ativa. O suspeito confessou à polícia a prática do estelionato.

Via Blog do BG com informações do R7 e CBN
<

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog