NOME NOME

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Lutadora do UFC reage a assalto e dá surra em ladrão no Rio de Janeiro



Polyana Viana, conhecida como “Dama de Ferro”, contou que o próprio assaltante pediu para chamar a polícia por medo de apanhar mais
Brasileira tem um cartel de 10 vitórias e duas derrotas no MMA. Foto: Polyana Viana/Instagram/Reprodução
O que poderia ser mais um caso de assalto no Rio de Janeiro terminou de forma inusitada na noite do último sábado (5). O assaltante tentou roubar o celular de uma mulher no bairro de Jacarepaguá, mas a investida não acabou bem para ele. Ele foi surpreendido pela “vítima”, a lutadora de MMA Polyana Viana. O suspeito levou socos, chutes e foi imobilizado pela atleta do UFC até a chegada da polícia.
Segundo o site MMAjunkie, Polyana, de 27 anos, esperava um Uber na porta do prédio onde mora quando foi abordada pelo bandido. “Quando ele viu que eu tinha percebido a presença dele, já estava bem perto de mim. Ele me perguntou as horas e eu respondi, mas vi que ele não foi embora. Então pus o telefone na minha cintura. Aí ele me disse: ‘Me passa o celular. Não tente reagir, estou armado’. Ele pôs a mão sobre o parecia ser uma arma, mas percebi que estava maleável. Ele estava bem perto de mim. Foi quando pensei: se é uma arma, ele não terá tempo de sacá-la. E dei dois socos e um chute nele. Ele caiu e o imobilizei com um mata-leão”, explicou a lutadora.
A “arma” utilizada pelo criminoso não era uma arma de verdade. Tratava-se de um pedaço de papelão recortado em formato de revólver. “Ele disse: ‘Chame a polícia, então’ porque ele estava com medo de que eu fosse espancá-lo mais”, contou a brasileira .O bandido ficou imobilizado até os policiais chegarem. Os agentes tiveram que levar o suspeito até o hospital antes de deixá-lo na delegacia. O caso chegou até os ouvidos do presidente do UFC, Dana White, que compartilhou uma foto da lutadora e do rosto do ladrão após a surra.
Polyana, também conhecida como Dama de Ferro, tem um cartel de 10 vitórias e duas derrotas no MMA. Seu último combate no UFC foi em em 4 de agosto, em Los Angeles. Na oportunidade, ela foi batida pela americana JJ Aldrich. No UFC, a brasileira tem uma vitória e uma derrota até o momento.

OP9
<

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog