NOME NOME

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Trágico: Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho



Foto/Reprodução
Ricardo Boechat, como é de conhecimento, morreu há seis dias. O Brasil, claro, ficou chocado com a perda. O piloto do helicóptero, que caiu nas proximidades do Rodoanel, Ronaldo Quattrucci também não resistiu a tragédia e foi a óbito.
Para completar, a mãe do profissional, Philomena Augusto da Silva, de 80 anos, também faleceu três dias após o filho, nesta quinta-feira, 14 de fevereiro. Ela sofria de câncer e estava no hospital. Como já estava em estado terminal, ela não chegou a saber da morte do filho, Ronaldo Quattrucci, de 56 anos. A informação é do portal G1.
A filha de Ronaldo, piloto do helicóptero de Ricardo Boechat, confirmou a notícia em rede social. “Quando meu pai estava sofrendo com sua doença terminal, a vida nos surpreende e Deus o levou três dias antes dela. Você não a viu ir e ela não chegou a saber da sua partida e agora continuam juntos em outro plano. Oro por vocês e sei que irão guiar e cuidar de nós que ficamos, junto com o tio Rogério. Amo muito vocês e vou amar por toda eternidade”, escreveu Amanda Martinez.
A postagem de Amanda também faz referência a Rogério, irmão de Ronaldo, que morreu em 1998, aos 37 anos, também após um acidente aéreo. O helicóptero que ele pilotava bateu em um morro em Santana de Parnaíba.
No fim do texto Amanda agradece pelas mensagens de carinho e conforto que a família têm recebido e informa que a missa de sétimo dia da avó e do pai será realizada às 19h30 da próxima segunda-feira na Igreja Cristo Rei, no Tatuapé, São Paulo.
Ronaldo Quattrucci, piloto morto em acidente com Ricardo Boechat — (Foto: Reprodução/Facebook)
<

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog