NOME NOME

sábado, 6 de abril de 2019

Empresária é assassinada em Olinda na volta do trabalho para casa



A vítima teria reagido a um assalto, mas para a Polícia Civil, Mahatina Gracio, de 27 anos, pode não ter sido escolhida aleatoriamente
Mahatina era empresária em Rio Dpce, Olinda, e todos os dias fazia o mesmo trajeto na volta para casa. Foto: Reprodução / Redes Sociais

A empresária Mahatina Gracio de Carvalho, de 27 anos, dona do Bar da Codorna, foi vítima de um latrocínio na volta do trabalho para casa na noite da sexta-feira (5), no bairro de Rio Doce, em Olinda. Os três suspeitos de praticar o crime foram presos horas depois bairro do Carmo, na Rua do Sol, em um dos pontos da rota de fuga da Operação Lei Seca. Após serem detidos pela polícia, um dos criminosos confessou o crime.
De acordo com a Polícia Militar, Salatiel Brandão dos Santos, de 21 anos, confessou que horas antes, em um assalto, havia assassinado a empresária. Mahatina teria reagido no momento da abordagem, tentando acelerar o carro, e acabou sendo baleada na região do tórax. O tiro atravessou o vidro da janela. Ainda segundo a PM, a empresária foi levada a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade Tabajara, em Olinda, mas não resistiu.
Para a Polícia Civil, Mahatina pode não ter sido escolhida aleatoriamente. De acordo com a delegada Vilaneida Aguiar, a suspeita é de que os criminosos teriam conhecimento da rotina e do trajeto que a vítima fazia. “Pela forma e pelo local, acreditamos que tudo foi planejado”, declarou a delegada.
Além de Salatiel, também foram presos João Carlos dos Santos Barbosa, de 19 anos, e Eudes Carneiro do Vale Filho, de 29. Eudes afirmou aos policiais em depoimento que é motorista de aplicativo e que fazia uma corrida por fora. Com os suspeitos, os policiais encontraram no banco de trás do veículo duas bolsas de mulher, com R$ 127, um celular e documentos. Também foi apreendido na casa do suspeito de assassinar a empresária, um revólver de calibre 38.
Após a investida, a vítima tentou acelerar e foi atingida por um disparo na peito e não sobreviveu ao ferimento. Foto: Divulgação
OP9


OP9

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog